Internacionais

Chanceler cubano acusa mercenários financiados pelos EUA de fomentarem protestos

Reuters
Reuters
Chanceler cubano acusa mercenários financiados pelos EUA de fomentarem protestos
Ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, fala durante coletiva de imprensa em Havana

12 de julho de 2021 - 15:21

Por Sarah Marsh

HAVANA (Reuters) – O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, disse nesta segunda-feira que mercenários financiados pelos Estados Unidos fomentaram a agitação antes dos protestos deste fim de semana com uma estratégia de mídia disfarçada de campanha em rede social pedindo ajuda humanitária.

“Ontem em Cuba não houve levante social, ontem em Cuba houve desordem, distúrbios causados por uma operação comunicacional preparada há algum tempo e à qual milhões foram dedicados”, disse Rodríguez durante um briefing televisionado do governo.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6B0YS-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.