Internacionais

Capital da Índia impõe toque de recolher antes de semanas “críticas” da pandemia

Reuters
Reuters
Capital da Índia impõe toque de recolher antes de semanas “críticas” da pandemia
Homem em rua deserta de Nova Délhi durante toque de recolher da Covid-19

6 de abril de 2021 - 19:04 - Atualizado em 6 de abril de 2021 - 19:06

Por Sachin Ravikumar e Neha Arora

BENGALURU/NOVA DÉLHI (Reuters) – Nova Délhi, a capital da Índia, impôs um toque de recolher noturno até 30 de abril nesta terça-feira, uma vez que a maior parte do país mostra dificuldade de conter uma segunda disparada de infecções de coronavírus que ofusca a primeira onda.

As próximas quatro semanas da luta da Índia contra a Covid-19 serão “muito, muito críticas”, disse Vinod Kumar Paul, uma autoridade de saúde graduada do governo, alertando que atualmente a doença respiratória está se disseminando muito mais rápido do que em 2020.

“A pandemia piorou no país, há um aumento grave de casos”, disse Paul a repórteres.

A Índia, o segundo país mais populoso do mundo com seus 1,35 bilhão de habitantes, já administrou 80,9 milhões de doses de vacina, só ficando atrás de Estados Unidos e China, mas está muito atrás em imunizações per capita.

Profissionais de saúde e outros da linha de frente, além de pessoas de mais de 60 anos, foram os principais beneficiários da imunização até agora. As inoculações de pessoas de mais de 45 anos só começaram em 1º de abril.

As autoridades de Nova Délhi adotaram o toque de recolher das 22h às 5h um dia depois de a Índia superar a marca sombria de 100 mil infecções diárias novas pela primeira vez. O toque de recolher ecoa restrições rigorosas impostas em Maharashtra, Estado mais afetado do país e sede da capital comercial Mumbai.

As mortes de Covid-19 em alta nos Estados de Punjab e Chhattisgarh também são causa de “extrema preocupação”, disse Rajesh Bhushan, principal autoridade de saúde indiana, aos repórteres nesta terça-feira.

(Por Sachin Ravikumar e Neha Arora)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH351GQ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.