Internacionais

Chocante! Cachorro de seis meses morre após ser abusado sexualmente

O caso de Weichafe revoltou a população local, e Angie Lemo, presidente do grupo animal ACSA, já confirmou que uma investigação criminal está em andamento

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Chocante! Cachorro de seis meses morre após ser abusado sexualmente
Foto: @angie.l.chang/Newsflash

29 de agosto de 2020 - 18:49 - Atualizado em 29 de agosto de 2020 - 18:49

Um cachorro de seis meses chamado Weichafe morreu após ser abusado sexualmente em Azapa, no Chile. Apesar dos esforços feitos para salvar o animal, Weichafe infelizmente veio a óbito após passar aproximadamente cinco dias sob os cuidados de médicos veterinários.

Cachorro foi encontrado por vizinhos com ferimentos graves

O cachorro foi encontrado por vizinhos no sábado (22), que o levaram imediatamente para receber atendimento médico.

No hospital, Weichafe os médicos veterinários trataram do animal co medicamentos anti-inflamatórios, antibióticos e outros analgésicos, mas infelizmente o cachorro não resistiu.

Foto: @angie.l.chang/Newsflash

“Este pequeno animal tinha várias lacerações retais com feridas também na base da cauda. Foram feitas radiografias que mostram um aumento da parte retal, o que corrobora que houve uma violação”, afirmou a médica Claudia Concha, que cuidou do animal no Hospital Veterinário Limari.

O caso de Weichafe revoltou a população local, e Angie Lemo, presidente do grupo animal ACSA, já confirmou que uma investigação criminal está em andamento.

“Weichafe, o bebê guerreiro, faleceu. Seu corpinho não resistiu mais.(…). Só podemos agradecer a toda comunidade por suas orações, colaboração e as energias positivas para que Weichafe continuasse vivo. Sentimos muita tristeza. Só peço justiça a Deus”, concluiu Lemo.

Bastante comovidos, os vizinhos que ajudaram no resgate e recuperação do cachorro se despediram do animal em lágrimas e com balões brancos. Além disso, um padre celebrou uma missa de despedida nas ruas do bairro.

“Mais um inocente morre por causa de uma pessoa cruel“, finalizou um dos vizinhos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.