Internacionais

Bexiga de homem ‘explode’ depois de ele segurar o xixi por 18 horas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do R7
Bexiga de homem ‘explode’ depois de ele segurar o xixi por 18 horas
Foto: Reprodução/Medical News Today

26 de junho de 2020 - 13:07 - Atualizado em 26 de junho de 2020 - 13:07

A bexiga de um homem explodiu depois que ele segurou o xixi por 18 horas. Identificado como Sr. Hu, o chinês de 40 anos teria adormecido depois de uma bebedeira e não levantou para ir ao banheiro

De acordo com o periódico Zhuji Daily, ao acordar o homem procurou o Hospital Popular de Zhuji em Zhejiang, no leste da China, porque estava sentindo fortes dores abdominais. Lá, uma tomografia computadorizada revelou que sua bexiga havia rasgado em três lugares.

Para piorar a situação, uma das aberturas havia rompido em direção da cavidade abdominal do paciente, o que fez com que parte de seu intestino penetrasse na bexiga. Vendo a gravidade da situação, a equipe médica responsável pelo atendimento realizou uma cirurgia de emergência no Sr. Hu. Felizmente, após alguns dias em observação, ele recebeu alta. 

Bebedeira contribui para bexiga estourar

Embora tais explosões na bexiga sejam raras, o hospital que atendeu o Sr. Hu afirmou que todos os anos, pelo menos um paciente dá entrada na instituição de saúde com o mesmo problema

O urologista Bradley Gill explicou ao Live Science que a cerveja contribui para o problema porque o corpo produz mais urina do que o habitual. O segredo é não ignorar a vontade de ir ao banheiro

“Quando você bebe álcool, faz com que o corpo produza mais urina do que o habitual, o que pode contribuir potencialmente para a bexiga estar cheia. Acompanhado por um indivíduo embriagado, menos consciente dessa plenitude pode resultar em uma ruptura traumática da bexiga”, disse. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.