Internacionais

Bebê de um dia morre após ser atacado por cachorro que tentou enterrá-lo no jardim

O cachorro que atacou o bebê é um dos animais de estimação da família; a tragédia aconteceu quando a mãe deixou o filho sozinho para ir ao banheiro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do The Mirror
Bebê de um dia morre após ser atacado por cachorro que tentou enterrá-lo no jardim
A mãe encontrou o cachorro tentando enterrar o bebê no quintal. (Foto: Reprodução/Google Maps/The Mirror)

27 de outubro de 2020 - 19:30 - Atualizado em 27 de outubro de 2020 - 19:33

Um bebê de um dia morreu depois que foi atacado por um cachorro, da raça rottweiler, que tentou enterrá-lo no jardim no último domingo (25). A tragédia aconteceu nos poucos minutos que a mãe se afastou do filho para ir ao banheiro. 

O caso trágico ocorreu na casa onde a família vive em Hamilton, Nova Zelândia. Uma vizinha, identificada apenas como Karen, disse ao Stuff.co.nz que encontrou a mãe chorando, embalando seu bebê sujo de sangue.

O bebê chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu poucas horas depois no hospital

O cachorro que atacou o bebê é um dos animais de estimação da família, eles têm dois cães. Segundo Karen, o rottweiler de dois anos havia escapado de casa no mesmo dia. Ocasião em que ela capturou o animal, foi até a residência para devolvê-lo e acabou conhecendo o recém-nascido

Mais tarde, ela estava descendo a rua para fazer uma nova visita para a mãe e o bebê quando percebeu uma comoção e ao chegar no quintal se deparou com a cena trágica. Conforme seu relato, ela se sente culpada por ter levado o cachorro para casa após sua fuga, pois do contrário, ele não estaria no local e não atacaria a criança

“Ele era tão pequeno. Ele estava todo sujo e tinha manchas de sangue nele. Ela me disse qual cachorro fez isso – eles têm dois. Foi o rottweiler. A coisa toda é horrível, toda vez que fecho meus olhos, acabo de vê-lo”, disse Karen. 

Ambos os cães foram levados para um canil. As autoridades locais disseram que uma decisão sobre o futuro do cachorro que atacou o bebê ainda não foi tomada.   

 “A equipe recolheu o cão e agora está protegido nas instalações de controle de animais do conselho. As decisões posteriores sobre o animal serão informadas pela investigação policial em andamento”, explicou a gerente de controle de animais do Conselho Municipal de Hamilton, Susan Stanford. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.