Internacionais

Bebê faminto é encontrado ao lado da mãe morta: “estava com sangue e tremendo”

Conforme amigos da vítima, Mercy morava no Reino Unido há pelo menos seis anos, mas recentemente perdeu o emprego após seu visto expirar

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Bebê faminto é encontrado ao lado da mãe morta: “estava com sangue e tremendo”
Foto: reprodução The Mirror

26 de agosto de 2020 - 13:54 - Atualizado em 26 de agosto de 2020 - 13:54

Um bebê faminto foi encontrado ao lado da mãe morta em uma situação de pobreza extrema, de acordo com informações divulgadas pelo jornal The Mirror.

Mercy Baguma, de 34 anos, é da Uganda, e teria pedido asilo ao Reino Unido logo após sua licença limitada para permanecer no país expirar.

Conforme informações do The Mirror, a mulher não tinha mais permissão para trabalhar e estaria vivendo com muitas dificuldades e sem dinheiro para comprar comida, o que a levou a pedir ajuda em uma instituição de caridade uma semana antes de ser encontrada morta.

Segundo a polícia local, a causa da morte de Mercy ainda é desconhecida, mas está a princípio sendo tratada como “inexplicável, e não suspeita”.

Bebê faminto é encontrado ao lado da mãe morta; criança estava tremendo e muito assustada

O filho de Mercy Baguma foi encontrado ao lado da mãe morta neste sábado (22). Segundo uma vizinha, o bebê estava faminto e tinha sangue que “não era dele” em seu corpo.

Após encontrarem a mãe morta, a vizinha relatou em entrevista que policiais bateram em sua porta e pediram comida ou leite em pó para alimentar a criança, além de um cobertor para o manter aquecido.

“O menino estava na van da polícia. Ele estava tremendo e tinha sangue nele. Mas a polícia disse que não era dele. Eu disse aos policiais que tinha visto a mãe pela última vez na quarta-feira [19 de agosto]. Eles disseram que estava de acordo com o que ouviram. É muito triste. Eu tinha ouvido o bebê chorar na noite anterior, mas não tinha pensado em nada disso”, afirmou a vizinha.

Uma página do GoFundMe na internet afirmou que Mercy que tinha problemas de saúde, mas sua morte foi “repentina” e “inesperada”.

Após a morte da mãe, o menino foi encaminhado ao hospital e teve alta nesta segunda-feira (24). No momento, a criança está sendo cuidada pelo pai.

Mulher morava no Reino Unido há seis anos

Conforme amigos da vítima, Mercy morava no Reino Unido há pelo menos seis anos, mas recentemente perdeu o emprego após seu visto expirar.

Uma página para arrecadar dinheiro para o funeral da vítima foi criada na internet.

“Ela era uma mãe incrível, irmã, melhor amiga, amiga amada por todos. Mercy sempre foi positiva e sempre colocou sua família em primeiro lugar, especialmente seu filho. Mercy deixou seu filho de um ano e sua família em Uganda, e estamos arrecadando dinheiro para dar a ela uma despedida adequada e algo para seu filho. Por favor, considere ajudar seus entes queridos neste momento difícil enquanto eles navegam nesta tragédia e seguem em frente na vida sem ela”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.