Internacionais

Fake news: bebê encontrado morto em Nova York era boneca reborn

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Fake news: bebê encontrado morto em Nova York era boneca reborn
bebê encontrado morto em Nova York era boneca. (Foto: montagem R7)

21 de junho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 21 de junho de 2019 - 00:00

O bebê encontrado morto em Nova York era boneca reborn. A investigação, que durou quase três horas, envolveu mais de 200 agentes do Departamento de Polícia.

Bebê encontrado morto em Nova York era boneca e paralisou 200 policiais

A criança foi encontrada do lado de fora de um parque, e foi coberta com um saco de cadáver.

De acordo com à reportagem do canal Fox 5, a polícia afirmou que foi acionada logo depois da vítima ser vista por um indivíduo que corria pelo parque na terça-feira (18).

Além disso, também foi informado que o bebê tinha aproximadamente três meses e já estava morto.

Boneca usava fralda e parecia criança violentada

Ainda conforme a polícia, a bebê usava fraldas e apresentava vários hematomas pelo corpo.

Entretanto, apesar das evidências, quando outros médicos realizaram exames na vítima, o resultado foi surpreendente: era apenas uma boneca bastante realista, e não um bebê.

Além da fralda, o bebê também vestia uma camiseta que dizia “mortos rastejantes”. De acordo com o detetive Darrir Porcher, a polícia não costuma tocar no corpo quando o mesmo é declarado como morto pelo serviço de emergência médica.

Por fim, um porta-voz da corporação disse que os agentes trabalharam para proteger a área do possível crime, além de coletar provas que ajudassem a solucioná-lo. Dessa maneira, “demorou” até que fosse constatado que tudo não passava de uma piada de mau gosto.

Polícia de Nova York vai abrir investigação

Conforme o detetive Porcher, uma investigação sobre o caso foi aberta para apurar o trabalho dos funcionários do serviço de emergência e determinar se o autor do chamado teria sido o responsável pela brincadeira.