Internacionais

Barnier, da UE, ainda acredita que um acordo comercial com o Reino Unido é possível, dizem fontes

Reuters
Reuters
Barnier, da UE, ainda acredita que um acordo comercial com o Reino Unido é possível, dizem fontes
Negociador da União Europeia para o Brexit, Michel Barnier

17 de setembro de 2020 - 08:30 - Atualizado em 17 de setembro de 2020 - 08:31

Por Gabriela Baczynska e Jan Strupczewski

BRUXELAS (Reuters) – O negociador da União Europeia para o Brexit disse aos 27 enviados nacionais do bloco que ainda acredita que um acordo comercial com o Reino Unido é possível, ressaltando que os próximos dias serão decisivos, disseram fontes diplomáticas do bloco à Reuters.

Michel Barnier discursou na reunião na quarta-feira e as três fontes participaram da discussão a portas fechadas ou foram informadas sobre seu conteúdo.

“Barnier ainda acredita que um acordo é possível, embora os próximos dias sejam fundamentais”, disse uma das fontes diplomáticas da UE.

Um segundo diplomata, questionado sobre o que Barnier disse na quarta-feira e se ainda havia uma chance de um novo acordo com o Reino Unido, disse: “ainda existe esperança.”

A primeira fonte disse que as concessões provisórias oferecidas pelo Reino Unido na pesca – um ponto de discórdia fundamental, que até agora impediu que um acordo sobre um novo pacto comercial UE-Reino Unido valesse a partir de 2021 – são “um vislumbre de esperança”.

A Reuters informou com exclusividade na terça-feira que o Reino Unido se movimentou para solucionar o impasse, apesar do fato de que Londres tem ameaçado publicamente violar os termos de seu acordo de divórcio com o bloco.

Uma terceira fonte, um diplomata sênior da UE, confirmou a oferta do Reino Unido, mas enfatizou que ela não vai longe o suficiente para ser aceita pelo bloco.

(Por Gabriela Baczynska, Jan Strupczewski, John Chalmers)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8G11Q-BASEIMAGE