Internacionais

Anticorpos de vacinas chinesas são menos eficazes contra variante Delta, diz pesquisador

Reuters
Reuters
Anticorpos de vacinas chinesas são menos eficazes contra variante Delta, diz pesquisador
Modelo 3D do Sars-Cov-2

25 de junho de 2021 - 11:38 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 11:41

PEQUIM (Reuters) – Os anticorpos desencadeados por duas vacinas chinesas contra a Covid-19 são menos eficazes contra a variante Delta na comparação com outras linhagens, mas as vacinas protegem mesmo assim, disse um pesquisador chinês de controle de doenças à mídia estatal.

A variante Delta do novo coronavírus, detectada primeiramente na Índia, está se tornando a variante dominante do coronavírus em todo o mundo, alertou a cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) na semana passada.

Em uma entrevista exibida pela Televisão Central da China na noite de quinta-feira, Feng Zijian, pesquisador e ex-vice-diretor do Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças, não deu mais detalhes.

Sem mencionar especificamente quais seriam as duas vacinas, Feng disse que elas se enquadram na categoria de vacinas inativadas, que contêm coronavírus “mortos” que não conseguem se replicar em células humanas.

Cinco das sete vacinas desenvolvidas nacionalmente no esquema de inoculação em massa da China são vacinas de vírus inativado — entre elas as da Sinovac Biotech e da Sinopharm, usadas em países como Brasil, Barein e Chile.

(Por Roxanne Liu e Ryan Woo)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5O0ST-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.