4 de março de 2021 - 18:54

Atualizado em 4 de março de 2021 - 18:59

5 perguntas inquietantes de todo trabalhador em meio a pandemia

Por José Nascimento

5 perguntas inquietantes de todo trabalhador em meio a pandemia

Confira a discussão do assunto e as respostas elaboradas pelos especialistas Marcelo Nóbrega, autor do livro Você Está Contratado, Jederson Beck e José Nascimento. Eles estarão juntos no Blog Top de Gestão, aqui no RIC Mais que, de forma exclusiva, vai apresentar a websérie VOCÊ ESTÁ CONTRATADO. Com casos reais, ela vai te ajudar a se posicionar no mercado.  

5 perguntas inquietantes de todo trabalhador em meio a pandemia.

  1. Eu posso ser demitido?
  2. Como sobreviver num mercado em turbulência?
  3. Como devo me posicionar?
  4. Meu currículo ajuda ou me atrapalha?
  5. Como vencer o “monstro” da entrevista?

Qual é a sua atual situação no mercado de trabalho? Provavelmente a listinha acima já povoou seus pensamentos, quando não lhe tirou um tempo de sono. Infelizmente é a realidade. Se o quadro do desemprego já não era favorável, com a pandemia do novo Coronavírus as coisas pioraram drasticamente e não tem como “tapar o sol com a peneira”.

Não dá para perder o otimismo. Mas, a despeito de alguns setores da economia darem sinais de retomada e até algum crescimento, na média, a tendência é de que a crise se agrave, num verdadeiro efeito cascata. A ideia aqui é trazer dicas de ações práticas para você e ainda te falar da novidade no Blog do Top de Gestão e Ric Mais.

BRASIL EM NÚMEROS
O Brasil conta hoje com 79 milhões de pessoas no que chamamos de população economicamente ativa. Ou seja, 46,7% é responsável pelo sustento da casa e familiares. Em muitos países esse índice chega a 75%. Esse cenário faz com que a falta de ocupação (formal ou informal) seja motivo da insônia de muitos brasileiros e questionamentos. 

O que será do meu dia de amanhã?

Como vou pagar as minhas contas, honrar meus compromissos?
Traduzindo isso em números e atualizando com dados do IBGE, estamos com um recorde de desempregados no Brasil – em outubro chegamos a 13,8 milhões, sendo que 3,6 milhões desses anotados a partir de maio, motivados pela Covid-19. O crescimento cravou 35,9% no período, fazendo a taxa de desemprego atingir 14,1%, a maior da série histórica medida pelo IBGE.

EMPREGO E CARREIRA

Tratar o assunto empregabilidade, no sentido de ajudar as pessoas, independente da realidade em que vivem (bem empregadas, desempregadas, em busca de recolocação, transição de carreira, mudança de empresa e até de área) tornou-se um ato de colaboração e até solidariedade.

E, neste cenário, surge a parceria entre o Grupo RIC, o RIC MAIS, o Blog TOP DE GESTÃO e o projeto VOCÊ ESTÁ CONTRATADO, fundado e desenvolvido pelos executivos e educadores empresariais, Jerderson Beck e Marcelo Nóbrega. Você vai poder acompanhar uma websérie, com casos reais, de pessoas em busca de emprego e com seus dilemas em toda a jornada até receber o tão esperado SIM para uma nova oportunidade.
“A busca de uma posição no mercado de trabalho exige muita dedicação e empenho. O treinamento e a prática devem ser permanentes”, afirma Marcelo Nóbrega no seu livro, que deu origem à websérie.

DICAS E ORIENTAÇÕES

Ele provoca, positivamente, dizendo que o autoconhecimento é um diferencial de todo profissional, pois dá dimensão de onde você está, o que sabe fazer, o que pode entregar para sua atual ou nova empresa e, ainda, onde pode chegar. “Pensar e conhecer quais são as suas competências e quais você precisa desenvolver faz toda a diferença”, explica.

No campo do autoconhecimento, Marcelo ensina que algumas perguntas importantes precisam ser feitas:

  • Qual é o meu projeto de vida?
  • Em que eu gosto de trabalhar?
  • O que eu faço muito bem?
  • Até onde eu posso chegar?
  • Quais são minhas competências?
  • O que eu preciso aprender?
  • Quais os meus pontos fortes?
  • Quais os meus pontos fracos?
  • O que falta para minha realização.
Nóbrega, que já foi executivo de grandes empresas na área de RH, não esconde que buscar uma nova posição no mercado não é uma tarefa fácil. Tanto no livro como na websérie vão aparecer inúmeras orientações, que vão desde a montagem correta de um currículo, rede de contatos, busca de vagas e entrevista. 

“Trata-se de uma jornada que precisa ser planejada e executada com muita técnica, paciência e até resistência. O candidato, seja em qualquer situação, precisa de uma inteligência emocional muito grande”, comenta Jederson, acentuando que é necessária uma dose grande de resiliência, inclusive. “A pessoa quer a vaga, mas nem sempre ela se encaixa, perfeitamente, nas pretensões do empregador”, lembra Beck, citando que na websérie os candidatos viveram isso “na pele” e quem acompanhar os episódios vai aprender com diversos especialistas o que deve e o que não deve fazer.

“A websérie está ótima e é uma honra tê-la no Blog do Top de Gestão, no RIC MAIS. Trata-se de um intensivo, um verdadeiro workshop e masterclass sobre empregabilidade. São casos reais, de pessoas em busca de vagas, que são estudados, debatidos e recebem dicas de profissionais experientes”, lembra José Nascimento, autor do TOP DE GESTÃO.

UM BOM CURRÍCULO

  • Como construir um bom currículo?
  • O meu CV está bom?
  • Como ele vai ser recebido na empresa?
  • Estas perguntas são muito comuns entre os candidatos e o pior é que, a despeito de toda a informação disponível, muita gente continua errando.
  • Em nossa conversa, Marcelo Nóbrega trouxe ainda 10 dicas para um candidato ter um currículo “matador”:
  • CV ideal não deve passar de 2 páginas;
  • Seja simples na apresentação;
  • Invista no conteúdo, clareza e concisão;
  • Não se preocupe com foto no CV;
  • Fale das suas realizações, resultados;
  • Personalize o CV de acordo com a empresa e vaga;
  • Não cabe falar de hobbies e gostos pessoais;
  • Não precisa colocar seus documentos;
  • Referências boas, com contato, podem ajudar;
  • Gere interesse da pessoa que viu o CV em te conhecer.
“Arrumar emprego é quase que uma ciência”, compara Jerdeson, concluindo que na websérie, no blog e ainda no livro estão centenas de dicas práticas.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.