Nina
Nina Machado / Comando News

29 de junho de 2020 - 13:58

Atualizado em 29 de junho de 2020 - 13:58

Inova Mais

Startup cria marketplace de artigos esportivos usados

Com a crescente busca das pessoas por saúde e bem-estar, em conjunto com um consumo consciente e sustentável, a empresa dobrou o faturamento durante a pandemia

Startup cria marketplace de artigos esportivos usados

Muitos hábitos de consumo já começaram a mudar com a pandemia da COVID-19. De acordo com uma pesquisa realizada pela Accenture, o comportamento do consumidor deve modificar e a pandemia deve promover uma era de consumo sustentável e saudável por, pelo menos, mais 10 anos. O estudo ainda indica que as pessoas passaram a considerar mais seriamente os impactos ambientais nas suas decisões de compras, impulsionando um consumo mais ético e sustentável.

A preocupação com consumo consciente e sustentável, além da paixão pelo esporte, foram o mote para criação da VOIT – startup curitibana de artigos esportivos usados.

“A empresa é uma plataforma de vendas online, um marketplace, que funciona como um shopping digital. A infraestrutura é oferecida por nós e qualquer pessoa pode criar uma lojinha dentro do nosso site para vender qualquer artigo esportivo usado”, explica o CEO e co-founder da VOIT, Gustavo Bakai. 

Além do comércio circular, os empresários viram outro nicho de mercado em ascensão neste período de isolamento social e quarentena. Segundo pesquisa da Nielsen, publicada pelo SEBRAE, as mudanças de hábitos que mais se destacaram neste período foram, em primeiro lugar, o interesse por produtos para a manutenção geral da saúde e bem-estar e, entre outras, o aumento das compras online. O setor do comércio eletrônico cresceu mais de 100% no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus, segundo pesquisa da startup Konduto em parceria com a Associação Brasileira de E-commerce.

Compra e venda de materiais esportivos usados facilitada

O cadastro de produtos no site é gratuito. Quando a venda é efetuada, 10% do valor é retido pela VOIT, e o restante é direcionado diretamente para a conta bancária cadastrada pelo cliente. O envio da mercadoria fica por conta do dono do produto, que pode combinar com o comprador se será pelo correio, plataformas de delivery ou até mesmo, presencial. Qualquer produto relacionado com o esporte pode ser cadastrado, como esteiras, bicicletas, aparelhos de ginástica indoor, roupas de ginástica e tênis para corrida, por exemplo.

Com apenas seis meses de operação, a startup teve um crescimento de exponencial nos meses de março, abril e maio, triplicando o montante transacionado comparado ao que registrou em janeiro e fevereiro. Em decorrência do isolamento e fechamento das academias, uma esteira ou outros equipamentos de ginástica indoor ficam no site por menos de 24 horas.

A startup passou por um processo de aceleração com o Founders Intitute, maior aceleradora de startups do mundo, e agora se prepara para encarar um crescimento ainda maior “Acreditamos que essa é uma tendência que veio pra ficar: as pessoas nunca se viram tão preocupadas com a saúde e os cuidados com ela vão crescer cada vez mais. Esta é a nossa missão, proporcionar uma vida mais saudável, democratizar o esporte e aliar a tendências como economia circular e colaborativa através da tecnologia”, explica Bakai.

INFORMAÇÕES – https://www.voit.co/