Inova Mais

QuintoAndar recebe aporte de US$300 mi, vai estrear no México

Reuters
Reuters
QuintoAndar recebe aporte de US0 mi, vai estrear no México
QuintoAndar recebe aporte de US$300 mi, vai estrear no México

28 de maio de 2021 - 14:51 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 14:56

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) – A QuintoAndar anunciou nesta sexta-feira que recebeu um aporte de 300 milhões de dólares, com a imobiliária digital começando sua expansão internacional a partir do México.

A rodada, que segundo a empresa eleva o valor de mercado da startup em quatro vezes, para 4 bilhões de dólares, foi liderada pelo fundo Ribbit Capital e acompanhada por SoftBank, LTS, Maverick, Alta Park, Dragoneer, Qualcomm e Kaszek Ventures.

A última rodada de captação da QuintoAndar ocorreu em 2019 e no total a companhia já levantou mais de 600 milhões de dólares em investimentos.

“Embora o setor imobiliário tenha particularidades em cada lugar, acreditamos que os principais problemas e dinâmicas de mercado são bastante semelhantes em toda a América Latina”, disse à Reuters o co-fundador e presidente da QuintoAndar, Gabriel Braga.

Criada em 2013, a startup ganhou popularidade no Brasil com seu sistema que, em vez de cobrar seguro ou fiador no aluguel de imóveis, modelo tradicional do mercado, aprova os locatários com base numa análise de crédito. Atualmente, a empresa afirma ter mais de 100 mil contratos sob gestão em cerca de 40 cidades do país.

No ano passado, a empresa começou a operar no segmento de compra e venda de imóveis residenciais e diz ter mais de 60 mil unidades anunciadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre, tendo ter fechado mais de mil vendas desde então.

Segundo Braga, a operação no México, que começará nos próximos meses, já vinha sendo discutida há algum tempo, mas foi adiada devido aos efeito econômicos de Covid-19.

Outros destinos na América Latina também estão no radar, mas o executivo não detalhou quais nem quando, mas ressaltou que o foco será em grandes metrópoles.

Embora a pandemia tenha desacelerado os negócios por alguns meses, por outro lado criou um ambiente altamente propício à expansão do setor imobiliário no país.

Na quinta-feira, a associação dos financiadores de imóveis Abecip informou que o crédito imobiliário com recursos da poupança somou 16,7 bilhões de reais em abril, terceiro maior volume nominal mensal da série histórica iniciada em 1994.

Para Braga, não apenas pelo aquecimento do mercado, mas também pelas oportunidades de ganho de eficiência nas aprovações de financiamento imobiliário e de soluções para condomínios, o QuintoAndar enxerga diversas alternativas de prestação de serviços, o que será desenvolvido nos próximos meses.

“Nós gostamos da ideia de estar mais presente no dia a dia das pessoas”, afirmou o executivo. “Não queremos ficar só no momento da transação.”

Além da iniciar sua internacionalização, a QuintoAndar também pretende usar parte dos recursos da nova rodada, a quinta desde que surgiu, para ampliar sua equipe, hoje de cerca de 2 mil funcionários, disse Braga.

O executivo disse ainda que um acesso ao mercado de capitais, incluindo com uma eventual listagem em bolsa, é parte de um processo natural de evolução do negócio, mas que ainda não há um horizonte definido para isso.

“Nos próximos anos, é algo que a gente gostaria”, disse.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4R0ZE-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.