Inova Mais

Microsoft sela contrato de US$22 bi para headset de realidade ampliada ao exército dos EUA

Reuters
Reuters
Microsoft sela contrato de US bi para headset de realidade ampliada ao exército dos EUA
.

31 de março de 2021 - 18:57 - Atualizado em 31 de março de 2021 - 19:01

Por Stephen Nellis e Paresh Dave

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) – A Microsoft anunciou nesta quarta-feira que venceu uma licitação para vender ao Exército dos Estados Unidos óculos de realidade aumentada baseados em seu HoloLens e uma solução de serviços de computação em nuvem.

O contrato pode ser avaliado em até 21,9 bilhões de dólares ao longo de 10 anos, afirmou um porta-voz da Microsoft.

Nos últimos dois anos, a Microsoft tem trabalhado com o Exército norte-americano em um protótipo do chamado de Sistema Integrado de Aumento Visual, ou Ivas na sigla em inglês. A companhia afirmou nesta quarta-feira que o Exército decidiu avançar o projeto para a fase de produção.

A Microsoft afirmou que os óculos do contrato são projetados para entregar “consciência situacional aprimorada, permitindo o compartilhamento de informações e de tomada de decisão em uma variedade de cenários”.

A Microsoft já tinha vencido uma licitação de 10 bilhões de dólares envolvendo serviços de computação em nuvem para um projeto chamado Jedi, do Pentágono. Mas este contrato foi alvo de questionamentos pela Amazon.com.

Depois que a Microsoft anunciou que obteve um contrato de 480 milhões de dólares em 2018 para fornecer protótipos para o Exército dos EUA, pelo menos 94 empregados da companhia pediram para ela cancelar o negócio e parar de desenvolver “toda e qualquer tecnologia de armas”, publicou a Reuters na época.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH2U1U7-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.