Inova Mais

LinkedIn diz que alguns dados de usuários foram extraídos e colocados à venda

Reuters
Reuters
LinkedIn diz que alguns dados de usuários foram extraídos e colocados à venda
LinkedIn

9 de abril de 2021 - 11:40 - Atualizado em 9 de abril de 2021 - 11:40

(Reuters) – Alguns dados do LinkedIn, incluindo perfis de membros abertos ao público, foram extraídos da plataforma e colocados à venda, disse o site de relacionamento profissional da Microsoft com base em uma investigação.

O incidente não foi uma violação de dados e informações de contas privadas da plataforma não estavam incluídas, afirmou o LinkedIn em seu blog na quinta-feira, acrescentando que os dados à venda são uma coleção de informações sobre vários sites e empresas.

O LinkedIn se recusou a fornecer mais detalhes sobre o incidente, incluindo o número de usuários afetados.

A CyberNews relatou, em 6 de abril, que um arquivo de dados extraído de 500 milhões de perfis do LinkedIn foi colocado à venda em um popular fórum de hackers.

(Reportagem de Akanksha Rana e Tiyashi Datta em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH380ZB-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.