Inova Mais

Juíza rejeita pedido dos EUA para impedir WeChat de figurar em lojas de aplicativos

Reuters
Reuters
Juíza rejeita pedido dos EUA para impedir WeChat de figurar em lojas de aplicativos
.

23 de outubro de 2020 - 17:31 - Atualizado em 23 de outubro de 2020 - 17:35

(Reuters) – Uma juíza de São Francisco rejeitou nesta sexta-feira pedido do Departamento de Justiça dos Estados Unidos para rever decisão que impediu o governo norte-americano de barrar a veiculação do aplicativo chinês WeChat nas lojas da Apple e do Google no país.

A juíza Laurel Beeler afirmou que não acredita que o pedido feito pelo Departamento de Justiça possa “mudar o resultado” da decisão dela que permitiu a continuação do uso do app nos EUA.

(Por David Shepardson)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG9M1MB-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.