Inova Mais

Inglês Saka pede que redes sociais intensifiquem luta contra ofensas raciais

Reuters
Reuters
Inglês Saka pede que redes sociais intensifiquem luta contra ofensas raciais
Jogador inglês Bukayo Saka. 11/7/2021 shootout Pool via REUTERS/Carl Recine

15 de julho de 2021 - 17:41

(Reuters) – O jogador inglês Bukayo Saka disse que plataformas de redes sociais populares não estão fazendo o bastante para evitar as ofensas raciais virtuais depois de ter sido vítima de ataques por perder um pênalti na derrota para a Itália na final da Euro 2020 no domingo.

Os reservas Marcus Rashford, Jadon Sancho e Saka fracassaram na cobrança de pênaltis que terminou em 3 x 2. Saka, que chorou após o jogo, escreveu um pedido de desculpas aos torcedores quando a seca de títulos de 55 anos do país se manteve.

O jogador de 19 anos agradeceu àqueles que lhe enviaram mensagens de apoio e fizeram campanha em seu nome, dizendo que “o amor sempre vence”, mas prometeu se manter forte contra as demonstrações de ódio que recebeu pela internet.

“Minha reação pós-partida disse tudo, eu estava sofrendo muito e senti que decepcionei todos vocês e minha família da Inglaterra, mas posso lhes prometer isto: não deixarei aquele momento ou a negatividade que recebi nesta semana me destruir”, tuitou Saka nesta quinta-feira.

“Às plataformas de redes sociais Instagram, Twitter e Facebook, não quero que nenhuma criança ou adulto tenha que receber as mensagens odiosas e dolorosas que eu, Marcus e Jadon recebemos nesta semana.”

“Eu soube instantaneamente o tipo de ódio que estava prestes a receber, e é uma realidade triste que suas plataformas poderosas não estejam fazendo o bastante para deter estas mensagens”, completou.

Os três jogadores negros foram visados nas redes sociais após a final, e as ofensas raciais desencadearam uma investigação policial e críticas de toda a nação.

(Por Rohith Nair em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6E15Q-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.