Inova Mais

Foxconn mudará parte da produção da Apple para Vietnã para minimizar riscos de guerra comercial

Reuters
Reuters
Foxconn mudará parte da produção da Apple para Vietnã para minimizar riscos de guerra comercial
.

26 de novembro de 2020 - 15:20 - Atualizado em 26 de novembro de 2020 - 15:25

Por Yimou Lee

TAIPÉ (Reuters) – A Foxconn está movendo parte da fabricação de iPads e MacBooks da China para o Vietnã a pedido da Apple, disse uma pessoa com conhecimento do plano, enquanto a empresa norte-americana diversifica suas bases para minimizar o impacto da guerra comercial sino-americana.

O movimento ocorre no momento em que o atual governo do presidente dos EUA, Donald Trump, incentiva as empresas norte-americanas a tirarem produção da China. Durante o mandato de Trump, os eletrônicos fabricados na China foram alvo de tarifas de importação mais altas pelos EUA, além de restrições de fornecimento de componentes produzidos com tecnologia norte-americana para empresas chinesas.

Os fabricantes taiuaneses, temendo serem pegos na guerra comercial, mudaram ou estão considerando transferir parte da produção da China para países como Vietnã, México e Índia.

A Foxconn está construindo linhas de montagem para iPad e MacBook em sua fábrica na província de Bac Giang, no nordeste do Vietnã, para entrar em operação no primeiro semestre de 2021, disse a fonte.

As linhas também levarão parte da produção da China, disse a fonte, sem dar detalhes sobre o quanto de produção seria deslocada. “A mudança foi solicitada pela Apple”, disse. “Ela quer diversificar a produção depois da guerra comercial.”

A Foxconn disse em comunicado: “Por uma questão de política da empresa, e por razões de sensibilidade comercial, não comentamos sobre qualquer aspecto de nosso trabalho para qualquer cliente ou seus produtos.”

A Apple não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

(Reportagem adicional da redação de Taipei, Brenda Goh em Xangai e Makiko Yamazaki em Tóquio)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAP18A-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.