Inova Mais

Facebook não vai mais excluir publicações que afirmam que coronavírus “foi feito pelo homem”

Reuters
Reuters

27 de maio de 2021 - 15:44 - Atualizado em 27 de maio de 2021 - 15:44

Por Elizabeth Culliford

NOVA YORK (Reuters) – O Facebook não está mais removendo publicações que afirmam que o coronavírus causador da Covid-19 foi desenvolvido pelo homem, em meio a um debate renovado sobre as origens do patógeno.

“À luz das investigações em andamento sobre a origem do Covid-19 e em consulta com especialistas em saúde pública, não removeremos mais de nossos aplicativos a alegação de que a Covid-19 foi criada pelo homem”, disse uma porta-voz do Facebook em um comunicado.

“Continuamos a trabalhar com especialistas em saúde para acompanhar a evolução da natureza da pandemia e atualizar regularmente nossas políticas à medida que novos fatos e tendências surgem.”

A mudança na regra ocorre após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ordenar que assessores encontrem respostas para a origem do vírus. Ele disse na quarta-feira que as agências de inteligência dos EUA estão perseguindo teorias rivais, incluindo a possibilidade de um acidente de laboratório na China.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.