Inova Mais

Facebook bloqueia chatbot de Netanyahu, cita violação de privacidade

Reuters
Reuters
Facebook bloqueia chatbot de Netanyahu, cita violação de privacidade
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recebe vacina contra Covid-19

25 de janeiro de 2021 - 15:50 - Atualizado em 25 de janeiro de 2021 - 15:50

JERUSALÉM (Reuters) – O Facebook disse nesta segunda-feira que removeu um post e suspendeu uma mensagem automática da página do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, depois que ele publicou que queria números de telefone para ligar e convencer as pessoas a tomar vacina contra a Covid-19.

Netanyahu publicou na quinta-feira um vídeo no Twitter incentivando os idosos a se vacinarem, e terminou com a frase: “Se você conhece alguém que está nervoso em ser vacinado, me mande seu nome e número de telefone, talvez receba um telefonema surpresa meu, e vou convencê-los.”

O bot do Facebook postou uma mensagem semelhante na página do primeiro-ministro, que mais tarde foi removida pelo Facebook por questões de privacidade. O vídeo ainda estava no Twitter.

“De acordo com nossa política de privacidade, não permitimos conteúdo que compartilhe ou solicite informações médicas das pessoas”, disse uma porta-voz do Facebook. “Removemos a postagem ofensiva e suspendemos temporariamente o bot do messenger, que compartilhava esse conteúdo, por quebrar essas regras.”

O partido Likud, de Netanyahu, disse que o objetivo da postagem era simplesmente “encorajar os israelenses com mais de 60 anos a se vacinarem para salvar suas vidas”.

Israel se tornou um líder mundial na vacinação de sua população contra a Covid-19, o que poderia dar a Netanyahu um impulso antes das eleições de 23 de março.

(Reportagem de Ari Rabinovitch)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0O1BJ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.