Inova Mais

Ericsson sinaliza risco de perder participação de mercado em 5G na China

Reuters
Reuters
Ericsson sinaliza risco de perder participação de mercado em 5G na China
Logo da Ericsson em congresso em Xangai, China

24 de maio de 2021 - 14:59 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 15:01

ESTOCOLMO (Reuters) – A Ericsson disse nesta segunda-feira que pode obter uma participação menor no lançamento de 5G da China do que sua participação no mercado de infraestrutura de telecomunicações atual, em parte por causa de uma briga sobre a exclusão de fornecedores chineses das redes ultrarrápidas na Suécia.

O aviso foi incluído em um prospecto atualizado para investidores relacionado à emissão pela Ericsson de um título de 8 anos sem garantia de 500 milhões de euros.

A Ericsson disse que, embora tenha sido convidada para vários processos de licitação em andamento na China, o resultado final permanece incerto.

“A avaliação atual da empresa é de que aumentou o risco de que a Ericsson, nessas licitações, receba uma participação de mercado significativamente menor do que sua participação de mercado atual”, disse em comunicado.

O governo sueco proibiu em outubro a Huawei de fornecer equipamentos 5G devido a questões de segurança. A Huawei entrou com um processo para anular a decisão e uma decisão é esperada nas próximas semanas, potencialmente impactando as perspectivas da Ericsson na China.

(Reportagem de Supantha Mukherjee)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4N0YN-BASEIMAGE