Nina
Nina Machado / Comando News

24 de junho de 2020 - 10:07

Atualizado em 24 de junho de 2020 - 10:08

Inova Mais

Compra de usados é solução para montar enxoval após alta do dólar

Compra de usados é solução para montar enxoval após alta do dólar

Com a pandemia do novo coronavírus, os planos de fazer o enxoval no exterior tiveram que ser cancelados. Ao mesmo tempo, a alta do dólar fez com que as marcas infantis queridinhas das brasileiras ficassem menos acessíveis. A alternativa para as mães que, ainda assim, querem fazer o enxoval com produtos importados é optar pelos seminovos. E a Ops!Cresci, aplicativo de e-commerce colaborativo especializado em artigos infantis, oferece uma forma prática e segura de realizar as compras.

Um levantamento feito pela Ops!Cresci estima que os brasileiros gastam, em média, R$18 mil no enxoval do primeiro ano do bebê. Quem é pai sabe que as crianças crescem muito rápido e, muitas vezes, nem chegam a usar aquilo que foi comprado. Por isso, as roupinhas de bebê acabam sendo vendidas praticamente sem uso e muito bem conservadas. “É possível economizar mais de 50% ao optar por itens seminovos. Um macacão usado da Carter´s, por exemplo, pode ser comprado por menos de R$ 40, enquanto um novo comprado em lojas fast fashion, no Brasil, custa R$ 100,00”, ressalta Natália Mennocchi, fundadora da Ops!Cresci.

Fazer o enxoval no Brasil traz, ainda, outras vantagens. Os pais podem parcelar os valores e optar por comprar os itens aos poucos, à medida que o bebê vai crescendo, evitando que os produtos não sejam usados. Segundo Natália, hoje em dia é possível comprar todo tipo de produto de segunda mão, desde roupas até carrinhos e berços. Isso porque, a prática de vender itens usados vem crescendo mesmo entre as pessoas com melhor condição social, já que as crianças continuam crescendo e é necessário renovar o guarda-roupa.

O mercado de usados é uma via de mão dupla. Ganham os pais que vendem e conseguem uma renda extra e, mais ainda, os que compram e têm a oportunidade de ter produtos de qualidade por um valor acessível. No entanto, é importante realizar a transação de forma segura para que não haja surpresas ao receber o produto. Em muitos grupos de desapego da internet é possível ver reclamações de mães que não receberam o produto ou receberam algo diferente do que foi anunciado. Na Ops Cresci, todas as mercadorias passam por uma curadoria antes de serem publicadas no aplicativo. Além disso, todo o processo acontece de forma segura, no próprio aplicativo: o valor só é depositado para o vendedor depois que o comprador recebe e aprova o produto. 

O aplicativo é gratuito e está disponível para IOS e Android. Para mais informações, acesse: https://www.opscresci.com.br/.