Inova Mais

Bitcoin ultrapassa US$19.000 e se aproxima de máxima

Reuters
Reuters
Bitcoin ultrapassa US$19.000 e se aproxima de máxima
Bitcoin

24 de novembro de 2020 - 09:42 - Atualizado em 24 de novembro de 2020 - 09:45

Por Saikat Chatterjee e Tom Wilson

LONDRES (Reuters) – O bitcoin se aproximava ainda mais de seu nível máximo nesta terça-feira, depois de atingir 19.000 dólares pela primeira vez em quase três anos.

A criptomoeda mais popular do mundo teve alta de mais de 3%, a 19.002 dólares, perto de seu recorde histórico de 19.666. O bitcoin ganhou quase 40% apenas em novembro e acumula alta de cerca de 160% este ano.

Alimentando o movimento, estava a demanda por ativos de risco em meio a estímulos fiscais e monetários sem precedentes para conter os danos econômicos da pandemia de Covid-19, além do apetite por ativos considerados resistentes à inflação e as expectativas de que as criptomoedas terão mais aceitação popular.

A história de 12 anos do bitcoin foi marcada por valorizações vertiginosas e quedas igualmente acentuadas. Seus mercados permanecem altamente opacos em comparação com ativos tradicionais, como ações ou títulos.

“O último rali do bitcoin … foi alimentado pela falta de liquidez no lado da oferta, especialmente nas bolsas”, disse Jacob Skaaning, do hedge fund de criptoativos ARK36, acrescentando que o volume de bitcoin nas plataformas de negociação caiu em meio à alta demanda.

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS MPP

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAN0X4-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.