Inova Mais

Australiana Nine assina acordo com Facebook e Google sob novo regime de licenciamento

Reuters
Reuters
Australiana Nine assina acordo com Facebook e Google sob novo regime de licenciamento
Escritórios da Nine Entertainment em Sydney, Austrália

1 de junho de 2021 - 14:59 - Atualizado em 1 de junho de 2021 - 15:02

Por Byron Kaye

SYDNEY (Reuters) – A emissora e editora australiana Nine Entertainment disse que assinou acordos de fornecimento de conteúdo de vários anos com o Google e o Facebook, aproveitando novas leis de licenciamento para aumentar os lucros.

A medida significa que todas as três maiores empresas de mídia da Austrália agora têm acordos com gigantes da tecnologia dos EUA que até este ano se opunham ferozmente às leis que as obrigavam a negociar as taxas que pagam pelos links que direcionam cliques para suas plataformas.

O dono dos jornais Australian Financial Review e Sydney Morning Herald e do canal gratuito Nine disse que forneceria artigos e clips para a plataforma News Showcase do Google por cinco anos, e para um produto semelhante do Facebook por três.

“Esses acordos contribuirão para apoiar o jornalismo de classe mundial no qual nossos negócios prosperam”, disse o presidente-executivo da Nine, Mike Sneesby, à equipe em um e-mail que a Reuters teve acesso, acrescentando que também ajudariam a empresa a buscar crescimento para sustentar sua força no longo prazo.

Um porta-voz do Google se recusou a comentar, enquanto o Facebook não estava imediatamente disponível para comentar.

Os rivais Seven West Media e News Corp, que dominam o mercado de mídia tradicional da Austrália, junto com a Nine, assinaram acordos semelhantes nos últimos meses.

Como os outros, Nine não divulgou detalhes financeiros dos negócios. Mas disse esperar que eles ajudem a aumentar o lucro antes dos impostos em sua unidade editorial em até 40 milhões de dólares australianos (31 milhões de dólares norte-americanos) no ano até junho de 2022, tornando-se a primeira empresa a atribuir um valor em dólares aos novos acordos.

O lucro antes dos impostos da unidade foi de 68,1 milhões de dólares australianos nos seis meses até o final de dezembro.

(Reportagem de Byron Kaye em Sydney e Anushka Trivedi em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH501ZU-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.