Inova Mais

A Rua Inteligente da Helena

A Rua Inteligente da Helena

15 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 4 de junho de 2020 - 15:12

Eu juro que a vi, na fachada histórica do Instituto de Educação do Paraná, mais iluminada pela pintura nova e antipichação. Eu juro que a senti, caminhando tranquila nos 150 metros de seu apartamento até o Instituto onde ensinou e inspirou por 23 anos. Helena Kolody, nossa poeta maior e mais doce, 91 anos de vida até 2004 e mais 15 de saudade que não acaba, estaria orgulhosa e feliz em sua Voluntários da Pátria, nova Rua Inteligente da cidade.

Helena passou a maior parte de sua vida nessa rua, indo do prédio que morava na esquina com a Praça Rui Barbosa até o Instituto, na esquina com a Emiliano Perneta. Nossa professora maior, era ela quem desfilava sua sabedoria pela Voluntários, agora nossa rua inteligente.

Na última quinta-feira, o prefeito Rafael Greca, amigo e admirador de Helena, entregou a obra da Voluntários, revitalizada pela Prefeitura de acordo com a ideia de rua inteligente.

São conceitos que priorizam a rua para a população, com acessibilidade, luz de led, paisagismo, arborização, mobiliário bonito e funcional. O desnível no meio-fio é mínimo, melhorando a acessibilidade da rua para as calçadas, que foram ampliadas para privilegiar o pedestre. A separação entre rua e calçada é sinalizada por uma faixa amarela. A parte histórica foi mantida com pisos em paralelepípedos e petit pavê.

Também tem o que não se vê, mas que possui importância indiscutível: os postes de energia foram retirados e a rede elétrica passou a ser subterrânea. Foi implantada uma nova e robusta galeria de águas pluviais para garantir drenagem eficiente nos dias de chuva.

No lugar do asfalto, os veículos passaram a circular por um piso de paralelepípedo, com velocidade limitada. A preferência é do pedestre. No encontro com a Rua Emiliano Perneta foi construído um cruzamento elevado, que facilita a travessia. As vagas de carga e descarga e para taxistas foram mantidas e atendem os comerciantes com endereço na rua.

Além disso, a localização dessa primeira Rua Inteligente não podia ser melhor, ligando a Praça Osório, no início da Boca Maldita, à Praça Rui Barbosa, o principal ponto de transporte coletivo da cidade e sede da Regional Matriz.

Inteligência e inovação, também, é preservar a história. A rua da dona Helena abriga o Instituto de Educação do Paraná, imóvel do Governo do Estado que foi recuperado pelo programa Rosto da Cidade, da Prefeitura de Curitiba.

A entrega da obra foi celebrada com muita emoção pelos moradores, comerciantes, professores, diretores e alunos do colégio. Helena Kolody foi homenageada por uma atriz que fez o papel da poetisa e declamou das janelas do histórico Instituto textos como este: “Não ando na rua. Ando no mundo da lua, falando às estrelas.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.