Notícias

Índia espera receber maior parte das vacinas da AstraZeneca compartilhadas pelos EUA

Reuters
Reuters
Índia espera receber maior parte das vacinas da AstraZeneca compartilhadas pelos EUA
Profissional de saúde segurando uma rosa recebe vacina da AstraZeneca contra Covid-19 em Mumbai, na Índia

27 de abril de 2021 - 12:47 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 12:51

Por Rupam Jain

(Reuters) – A Índia espera garantir a maior parcela das 60 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca que os Estados Unidos compartilharão com o mundo, disseram duas fontes do governo indiano à Reuters, agora que Nova Délhi enfrenta uma disparada de infecções devastadora.

Na segunda-feira, a Casa Branca disse que 10 milhões de doses podem ser liberadas para exportação “nas próximas semanas” e o resto até junho, sem revelar os possíveis beneficiários, mas as fontes disseram que a Índia pode ficar com a maior fatia.

“As engrenagens da diplomacia e os apelos da OMS (Organização Mundial da Saúde) e de especialistas de saúde pública destacados mudaram a forma de pensar deles, e agora vemos os EUA prontos para enviar vacinas”, disse uma das fontes, um assessor do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

O governo do presidente norte-americano, Joe Biden, concordou em despachar doses para a Índia depois de uma relutância inicial, acrescentou.

“Não temos certeza de quantas receberemos. Só o que posso dizer aqui é que nossa tigela é a mais larga e a mais funda.”

Falando à Reuters após uma conversa telefônica entre Modi e Biden, sobre matérias-primas para vacinas, a segunda fonte disse que a Índia está pressionando para obter mais de 35% das doses da AstraZeneca.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3Q0YM-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.