Notícias

Índia detecta variantes brasileira e sul-africana do coronavírus

Reuters
Reuters

16 de fevereiro de 2021 - 09:39 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 09:40

BENGALURU (Reuters) – A Índia detectou as variantes brasileira e sul-africana do coronavírus e as pessoas que retornam desses países podem ser testadas de forma mais agressiva, disseram autoridades de saúde nesta terça-feira.

A variante sul-africana foi detectada em quatro pessoas no mês passado e a brasileira em uma pessoa neste mês, disseram as autoridades, acrescentando que as cepas podem infectar mais facilmente os pulmões de uma pessoa do que a mutação britânica.

O governo indiano está agora avaliando exigir testes RT-PCR para todas as pessoas que chegarem do Brasil e da África do Sul, assim como está sendo feito com aqueles que chegam do Reino Unido. A Índia informou até agora 187 casos de infecção da variante britânica.

“Não existem voos diretos da África do Sul ou Brasil, portanto os ministérios da Saúde e da Aviação Civil estão em contato sobre as medidas a serem tomadas”, disse em entrevista à imprensa o secretário da Saúde, Rajesh Bhushan.

(Reportagem de Sachin Ravikumar em Bengaluru e Neha Arora em Nova Délhi)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984)) REUTERS CMO

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.