Notícias

Importação de minério pela China em novembro atinge máxima de 16 meses

Reuters
Reuters
Importação de minério pela China em novembro atinge máxima de 16 meses
Unidade de mistura de minério de ferro no porto de Dalian

7 de dezembro de 2021 - 10:12 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 10:15

PEQUIM (Reuters) – As importações de minério de ferro pela China aumentaram 14,6% em novembro em relação ao mês anterior, atingindo o maior nível desde julho de 2020, mostraram dados alfandegários nesta terça-feira, embora um mercado de aço lento tenha amortecido a demanda pela matéria-prima.

A maior consumidora mundial de minério de ferro trouxe 104,96 milhões de toneladas no mês passado, acima das importações de outubro de 91,61 milhões, e também alta de 6,9% em relação a novembro de 2020, segundo dados da Administração Geral das Alfândegas.

O salto nas importações, dominado por produtos da Austrália e do Brasil, superou as expectativas do mercado em meio ao arrefecimento dos preços do minério de ferro e à queda na demanda por aço.

“Os dados de importação de novembro podem ser afetados pelo fator de desembaraço aduaneiro”, disse Tang Binghua, analista da Founder CIFCO Futures em Pequim, acrescentando que os embarques e chegadas de minério de ferro não mudaram significativamente nos últimos meses.

Mas é improvável que os altos níveis de importação continuem, disse Tang, já que o consumo está fraco depois que a China intensificou os controles de produção nas usinas.

Os estoques de minério de ferro importado nos portos chineses cresceram por 10 semanas consecutivas, saltando na semana passada para 155,5 milhões de toneladas, o maior desde meados de 2018, mostraram dados da consultoria Mysteel.

Nos primeiros 11 meses do ano, a China importou 1,04 bilhão de toneladas de minério de ferro, queda de 3,2% em relação ao período correspondente do ano anterior, de acordo com a alfândega.

Os dados de terça-feira também mostraram as exportações de novembro de produtos siderúrgicos da China em 4,36 milhões de toneladas, queda de 3,1% na comparação mensal.

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB60LU-BASEIMAGE