Notícias

Idosa de 79 anos é morta a tiros dentro de casa; suspeita de crime por ciúmes

Marido da vítima é suspeito e foi detido em flagrante pela Polícia Militar (PM)

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Idosa de 79 anos é morta a tiros dentro de casa; suspeita de crime por ciúmes
Crime teria sido motivado por ciúmes da mulher fazer caminhada sozinha (FOTO: ILUSTRAÇÃO/ PIXABAY)

16 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:53

Uma idosa, de 79 anos, foi encontrada morta dentro da própria casa, com marcas de disparo de arma de fogo, nesta segunda-feira (16), em Londrina, no norte do Paraná. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima atingida por cinco tiros e o principal suspeito é o marido, de 77 anos, que foi detido na sequência.

Amália Dantas da Silva tinha 79 anos e morava somente com o marido. A vítima foi encontrada dentro da casa pela filha.

Idosa é encontrada morta, em Londrina

O crime ocorreu na zona Sul de Londrina, no Conjunto Cafezal, nesta segunda-feira (16). Vizinhos escutaram os disparos vindos da casa onde morava o casal de idosos. A principal suspeita é que o autor dos disparos tenha sido o marido da vítima, por motivo de ciúmes. Segundo a família, Luiz Pinto da Silva estava contrariado depois que a mulher passou a fazer caminhada na rua, por recomendações médicas.

Dentro da casa um revólver foi apreendido pela Polícia Civil (PC) e também uma camiseta suja com sangue, que estava dentro do tanque com água e sabão. De acordo com os agentes, a arma foi encontrada com cinco balas deflagradas e uma intacta.

Além de Luiz, que foi detido pelos policiais, a filha da vítima e uma outra pessoa foram encaminhadas a delegacia para prestar depoimento. O corpo da idosa, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Londrina.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.