Caroline
Caroline Berticelli / Editora

13 de agosto de 2019 - 00:00

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:41

Notícias

Idosa atacada por pitbull morre após 36 dias internada em hospital

A idosa que morreu foi atacada pelo pitbull na garagem de casa; o cão vivia com a vítima há cerca de 4 anos

Idosa atacada por pitbull morre após 36 dias internada em hospital
Idosa morre após ataque de pitbull em São José dos Pinhais. (Foto: Ilustrativa/Montagem/RIC Mais)

Uma idosa que foi atacada por um pitbull morreu, na segunda-feira (13), depois de ficar 36 dias internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Cajuru, em Curitiba. Eunice Gonçalves, de 75 anos, será sepultada nesta terça-feira (13). 

Idosa foi atacada por pitbull na garagem de casa

Eunice vivia sozinha – apenas em companhia de um cão vira-lata e do cachorro responsável pelo ataque – em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. 

No dia o incidente, 6 de julho, ela foi atacada pelo animal na garagem de casa. Foram os vizinhos da idosa que ouviram os gritos e chamaram o Corpo de Bombeiros durante o ataque de pitbull. “O vizinho quando ouviu, diz que achou que fosse uma discussão. Mas ela mora sozinha, não tinha com que estar discutindo. Daí, ele escutou tipo um gatinho miando, daí, ele subiu no muro para olhar o que estava acontecendo, só que ela já não tinha nem forças mais”, contou uma testemunha, que não quis se identificar.

Pitbull foi sacrificado para salvar a vítima

Com a chegada dos bombeiros, o pitbull parou o ataque e chegou a recuar assustado com as luzes das lanternas. No entanto, rapidamente, investiu contra a idosa mais uma vez e precisou ser sacrificado para que a mulher fosse retirada do local. 

Na ocasião, ela foi encaminhada ao hospital com ferimentos no rosto, na cabeça, nos globos oculares e maxilar. Socorristas ainda afirmaram que a idosa teve o couro cabeludo arrancado pelo pitbull.

Cão estava com idosa há cerca de 4 anos

Segundo um funcionário de um petshop na região, que atendia os animais de estimação de Eunice, o pitbull que atacou a idosa estava na casa há cerca de 4 anos. “Se ela pegou adulto ou não, eu já não sei dizer. A gente conheceu o animal adulto já e já tem um bom período com ela, o animal”, declarou o rapaz que também explicou que o cão era de porte grande e tinha em torno de 40 Kg.