Notícias

Ibovespa tem leve alta com decisão de juros no radar e após acordo sobre PEC

Reuters
Reuters

8 de dezembro de 2021 - 11:44 - Atualizado em 8 de dezembro de 2021 - 11:44

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa tentava firmar alta nesta quarta-feira, com dado abaixo do esperado de vendas no varejo contrapondo o acordo no Congresso para promulgação de trechos da PEC dos Precatórios.

Investidores também aguardam a decisão do Copom para a Selic e o comunicado, que serão divulgados no final do dia. Economistas ouvidos pela Reuters projetam alta de 1,5 ponto percentual na Selic, para 9,25% ao ano.

No noticiário sobre Covid-19, BioNTech e Pfizer disseram que três doses de sua vacina geram um efeito neutralizante contra a nova variante Ômicron, segundo um teste laboratorial.

Às 11:33, o Ibovespa subia 0,38%, a 107.966,01 pontos. O volume financeiro era 5,2 bilhões de reais.

Depois de quatro sessões de alta consecutivas por conta de alívio com a Ômicron e o avanço da PEC dos Precatórios no Senado, o Ibovespa mostra alguma cautela nesta quarta-feira. O movimento está em linha com o de ações na Europa e da abertura das bolsas nos EUA — ativos que também tiveram ganhos fortes nas últimas sessões.

Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), anunciaram na terça-feira à noite um acordo para promulgação nesta semana da parte da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios que já foi aprovada pela duas Casas. O conteúdo exato a ser promulgado ainda não está claro, mas inclui a mudança no prazo de correção do teto de gastos, o que permite a abertura de aproximadamente 60 bilhões de reais de espaço fiscal.

A PEC visa abrir espaço para o financiamento do Auxílio Brasil de 400 reais, novo programa social do governo e que está sendo pago, por enquanto, em valores menores. O governo editou na terça uma medida provisória para bancar o auxílio completo já em dezembro, independente da PEC.

Já os trechos da que não foram aprovados tanto por senadores quanto por deputados, mudanças que gerariam outros 40 bilhões de espaço fiscal, serão apensados a uma outra PEC que já está pronta para votação em plenário na Câmara dos Deputados, agendada para a próxima terça-feira. Essa proposta anexa ainda voltaria para o Senado posteriormente.

Ainda no front doméstico, o IBGE divulgou nesta quarta-feira que as vendas no varejo em outubro caíram 0,1% ante setembro, retração que não era esperada por analisas em pesquisa Reuters. Varejistas apontam a maior queda em percentual do Ibovespa e seguram desempenho do índice.

Ainda nesta quarta-feira, o Nubank deve definir preço por ação em sua oferta pública inicial nos EUA.

DESTAQUES

– MAGAZINE LUIZA ON desabava 9,7%, VIA ON caía 5,1%, LOJAS AMERICANAS PN cedia 4% e AMERICANAS ON recuava 3,9%, após vendas no varejo caírem em outubro e frustrarem estimativas de analistas.

– MARFRIG ON subia 5,9% e alcançou o maior patamar intradiário desde 1º de dezembro.

– ELETROBRAS ON subia 3,6% e PN avançava 4,1%, em dia de análise da potencial privatização da companhia pelo Tribunal de Contas da União.

– PETROBRAS PN subia 1,5% e era a principal contribuição positiva para o índice. VALE ON caía 0,9%.

– GETNET UNIT caía 1,5%, após anunciar saída de seu presidente-executivo Pedro Coutinho para 31 de março de 2022. Outras empresas ligadas ao setor de tecnologia também cediam, como MÉLIUZ ON que recuava 2%.

– EMBRAER ON subia 4,3%, AZUL PN avançava 4%, GOL PN tinha alta de 4,4% e CVC ON valorivaza-se 4,3%, em meio à notícia sobre efetividade de vacina da Pfizer contra a variante Ômicron.

(Edição Alberto Alerigi Jr.)