Notícias

Hospital de Foz do Iguaçu suspende cirurgias para a passagem da Tocha

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de junho de 2016 - 00:00 - Atualizado em 25 de junho de 2016 - 00:00

Foto: Prefeitura de Foz do Iguaçu

A decisão gerou polêmica nas redes sociais e pacientes que tinham cirurgias marcadas ficaram revoltados

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck em Foz do Iguaçu, na região oeste do Paraná, que atende pacientes da rede pública de saúde, suspendeu a realização de cirurgias eletivas por seis dias. A Fundação Municipal da Saúde justificou a interrupção dos trabalhos com a passagem da tocha olímpica pela cidade.

A previsão é que a chama olímpica chegue a Foz do Iguaçu entre 30 de junho e 1º de julho, mas as cirurgias já estão suspensa a partir deste sábado (25).

Um memorando interno do Hospital, com data do dia 22 de junho, informa a suspensão das cirurgias aos coordenadores médicos da Fundação. Segundo o documento, a suspensão das cirurgias eletivas “visa garantir a assistência aos participantes e ao público envolvidos no evento (da tocha)” e “preconiza o Plano de Contingência, uma vez que o Hospital Municipal Padre Germano Lauck é referência para o atendimento em casos de trauma”.

A assessoria de imprensa do hospital não soube dizer quantas cirurgias foram suspensas, mas informou que são “aquelas em que os pacientes não correm risco”. O hospital também ressaltou que os atendimentos cirúrgicos de urgência e emergência serão mantidos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.