Notícias

Homem suspeito de matar família é preso em Foz do Iguaçu após três anos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de fevereiro de 2019 - 00:00

Emerson Simplício dos Santos matou a ex-mulher, o companheiro dela, além das filhas do casal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Apesar das agressões e da brutalidade do crime, na época, nenhum vizinho ouviu gritos ou pedido de socorro

O homem suspeito de matar uma família em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, em 2016, foi preso em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, nesta terça-feira (26). Emerson Simplício dos Santos matou a ex-mulher, o companheiro dela, além das filhas do casal.

Homem que matou família é preso

De acordo com a Polícia, após matar a família, Simplicio, de 47 anos, fugiu para o oeste do Paraná, onde foi preso por investigadores no Jardim Califórnia. Na tarde de terça, ele foi levado para a Penitenciária Estadual de Laudemir Neves, onde aguarda por transferência.

Família é encontrada morta dentro de casa

Ele é suspeito de matar Lindalva dos Santos, de 47 anos, Paulo Roberto Rodrigues Fuiza, de 54 anos, Camile e Nicole, de seis anos, no dia 16 de março de 2016, com golpes de enxada, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Ainda segundo a polícia, o chefe de Fuiza estranhou o funcionário não ter ido ao trabalho por três dias e resolveu ir até sua residência. Os corpo das crianças e da mãe foram encontrados na cama e no chão da casa, onde moravam há apenas um mês.

O corpo do pedreiro estava no imóvel que ficava nos fundos dos terrenos. Apesar das agressões e da brutalidade do crime, na época, nenhum vizinho ouviu gritos ou pedido de socorro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.