Notícias

Homem que foi vender arma e acabou baleado pelo comprador morre no hospital

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Homem que foi vender arma e acabou baleado pelo comprador morre no hospital

28 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 28 de abril de 2020 - 00:00

Morreu no Hospital do Trabalhador, Arão Elias Pereira, 50 anos, na tarde desta segunda-feira (27), após ser baleado em Piraquara.

De acordo com informações repassadas pela polícia, Arão teria ido vender uma arma de fogo para um rapaz identificado por Wesley. Como Wesley não tinha dinheiro para pagar a arma, após ver a mesma, atirou contra Arão.

Quando Wesley foi fugir, acabou disparando a arma acidentalmente e ficou ferido na barriga. Ele chegou a fugir até a Rua Hercília C. Rodrigues onde pediu ajuda. A Polícia Militar foi até o local e percebeu que as características de Wesley batiam com a do atirador. Os policiais fizeram buscas na casa de Wesley, mas a arma não foi encontrada.

Ambos foram socorridos pelo Siate. Wesley foi levado ao Hospital Cajuru em estado grave sob escolta policial. Se chegar a receber alta, deve ser levado para delegacia.

Arão foi socorrido em estado gravíssimo ao Hospital do Trabalhador, mas morreu pouco depois de dar entrada no pronto socorro. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Curitiba.

O post Homem que foi vender arma e acabou baleado pelo comprador morre no hospital apareceu primeiro em Plantão 190.