Notícias

Homem pula de prédio para não pagar programa com travesti

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de abril de 2017 - 00:00 - Atualizado em 14 de abril de 2017 - 00:00

Homem caiu do segundo andar e quebrou o braço (Foto: RICTV Curitiba)

Travesti diz que homem não queria pagar pelo programa, já o cliente diz que foi extorquido

Um homem de 31 anos se jogou da janela do segundo andar de um prédio no Centro de Curitiba para não ter que pagar pelo programa sexual com uma travesti. O incidente aconteceu na madrugada desta sexta-feira (14) em um edifício localizado na Avenida Visconde de Guarapuava, esquina com a Avenida Marechal Floriano Peixoto.

Segundo informações da travesti, os dois se conheceram na Avenida Getúlio Vargas, também no centro. O homem convidou a travesti para entrar no carro e juntos eles foram até o apartamento dela.

“Ele perguntou onde a gente faria o programa, aí eu falei que podia ser no carro ou num motel. Ele disse que não gostava de motel e não queria fazer no carro. Aí como ele disse que não tinha dinheiro, eu falei que tinha maquininha de cartão na minha casa e falei que podia fazer o programa lá”, contou a travesti que pediu para não ser identificada.

Chegando ao local, o homem teria começado a passar mal. Ainda de acordo com a travesti, ele estava embriagado.

Já o cliente fala que foi extorquido e que um grupo de travestis pediram R$ 1,5 mil para deixa-lo sair do apartamento. “Eles queriam cobrar mais porque eu não sou daqui”, disse ele, que é paulistano.

Os socorristas do Corpo de Bombeiros disseram que o homem teve uma fratura no braço e deve passar por uma cirurgia, mas foi levado ao Hospital Cajuru fora de perigo.

Já a travesti foi até a Delegacia da Polícia Civil prestar depoimento e em seguida foi liberada.