Notícias

Homem mata mulher a golpes de faca e deixa carta justificando crime

Na carta, ele dizia que amava muito a esposa e por isso resolveu mata-lá

Mirian
Mirian Villa
Homem mata mulher a golpes de faca e deixa carta justificando crime
A morte da mulher aconteceu após uma noite de bebedeira (Foto: RICTV Record TV)

10 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:37

Um homem matou a própria mulher a golpes de faca e deixou uma carta justificando o crime no final da madrugada desta terça-feira (10), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Depois de relevar para a filha o crime, ele fugiu com uma corda e não foi localizado.

‘Amava demais e por isso a matei’, disse suspeito em carta

De acordo com a Polícia Civil, o casal morava junto há quatro anos e o relacionamento era conturbado. Segundo familiares, Marisa de Oliveira e o homem bebiam muito e, por isso, as brigas eram frequentes.

Ao longo das discussões, o suspeito, de 70 anos, prometeu a vítima diversas vezes de morte. Na noite de ontem, os dois bebiam e, mais uma vez, ele jurou Marisa de Oliveira. “Após a bebida eles entraram na residência, brigaram e ele desferiu uma facada no pescoço dela. Foi uma facada só”, contou o investigador Sérgio.

Após desferir o golpe contra Marisa, o idoso escreveu uma carta justificando o crime. Nela, ele afirmou que amava muito a vítima e por isso a matou. Em seguida, ele foi até a casa da irmã com uma corda e antes de sair sem rumo, disse que iria se matar também.

A Polícia Civil de Piraquara faz buscas para encontrar o idoso. Ele já responde pelo crime de estupro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.