Notícias

Homem recém-casado mata esposa grávida e tenta alterar cena do crime

No dia 23 de dezembro, uma publicação escrita por Marcelo na página de Francine assustou amigos e familiares da vítima

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora

27 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de dezembro de 2019 - 00:00

Casados há três meses, homem mata a esposa grávida e tenta alterar a cena do crime para que parecesse que a mulher cometeu suicídio. Feminicídio aconteceu em Várzea Paulista, a 53 quilômetros de São Paulo (SP), no dia 22 de dezembro.

De acordo com as autoridades locais, o corpo da maquiadora Francine Rigo dos Santos foi encontrado no dia 24 de dezembro por familiares da vítima, que foram até a sua residência para buscarem notícias.

No local, Marcelo Augusto Araújo, suspeito de cometer o crime, estava ao lado da vítima inconsciente, pois teria tentado tirar a própria vida.

homem mata esposa

(Foto: reprodução das redes sociais)

Homem mata esposa grávida com lâmina de barbear; entenda o crime!

Dentro da residência onde viviam, Marcelo foi encontrado com ferimos nos pulsos e no pescoço, e foi encaminhado ao pronto-atendimento. Em seguida, após recuperar a consciência, o indivíduo foi conduzido a delegacia, onde confessou o crime.

Além disso, logo após matar a esposa, o indivíduo falou que escreveu uma carta e assinou em nome do casal na tentativa de parecer um duplo suicídio.

Para a polícia, Marcelo disse que matou a maquiadora com uma lâmina de barbear.

Publicação nas redes sociais de Francine foi feita no dia 23 de dezembro

Conforme a investigação da polícia, as motivações para o crime seria uma gravidez da vítima e a falta de apoio de familiares. Para comprovar a gestação, um lado deve ficar pronto em 30 dias.

Nas redes sociais, fotos e trocas de mensagens entre Francine Rigo e Marcelo Araújo demonstram afeto e carinho de um casal “normal”.

No dia 23 de dezembro, uma publicação escrita por Marcelo na página de Francine assustou amigos e familiares da vítima: “oi, gente tenho um desabafo a fazer sobre meu casamento: sinto muito lhes dizer que não aguento mais toda pressão psicológica que minha família e a do ma (apelido para se referir ao companheiro) fez contra nossa união”, diz parte da postagem.

oi gente tenho um desabafo a fazer sobre meu casamento sinto muito lhes dizer que não aguento mais toda pressão…

Publicado por Francine Rigo em Domingo, 22 de dezembro de 2019

 

Segundo a polícia, a publicação feita na página de Francine serviria para evitar dúvidas sobre a carta que Marcelo escreveu a mão.

homem mata mulher

(Foto: reprodução das redes sociais)

Marcelo deve responder por feminicídio, com agravante de ocultação de cadáver e motivo fútil. Se comprovado que a vítima estava grávida, a pena entre 12 a 30 anos pode subir para até 45.

Veja reportagem completa!

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.