Notícias

Homem mata e queima corpo após rival olhar demais para sua namorada

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2019 - 00:00

O suspeito negou o crime, mas sua namorada o entregou para a polícia (Foto: aRede/COP)

Para à polícia, a namorada do suspeito contou que ele agrediu e matou a vítima por causa de ciúmes; entenda!

Um homem foi preso neste domingo (24) suspeito de matar e incendiar um homem durante uma crise de ciúmes em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O suspeito negou o crime, mas sua namorada o entregou para a polícia.

Homem é preso após incendiar corpo

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi agredida e, em seguida, teve o corpo queimado. O cadáver de Florisvaldo Galvão, de 34 anos, foi encontrado no sábado (23) no Jardim Maracanã. Além disso, testemunhas contaram que ouviram uma discussão durante a madrugada.

No domingo, os policiais identificaram o suspeito -que mora perto do local do crime- que, durante a abordagem, demonstrou nervosismo. Na residência, os agentes encontraram um galão de gasolina e uma bermuda com manchas de sangue.

Apesar de negar o crime, a namorada de Wellington Costa Machado contou para os policiais que ele teria ficado com ciúmes porque a vítima estaria ‘olhando muito’ para ela. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e encaminhado à 13ª Subdivisão Policial.

*Com informações de aRede

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.