Notícias

Homem é preso suspeito de matar ex-mulher com golpe de botijão de gás

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 27 de fevereiro de 2019 - 00:00

O caso deve ficar sob responsabilidade da Polícia Civil de Joaquim Távora, área onde ocorreu o crime (Foto: Informativo NPTV)

A vítima foi surpreendida pelo ex-companheiro dentro de casa, onde morreu após o golpe na cabeça

Um homem foi preso suspeito de matar a ex-mulher com um botijão de gás em Quatiguá, no norte pioneiro do Paraná, na tarde desta terça-feira (26). Ele usou o objeto para acerta-la na cabeça.

Preso após perseguição

De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem, de 40 anos, foi preso em Japira, aproximadamente 60 quilômetros de Quatiguá, após uma perseguição policial. Ele bateu o carro após furar um cerco policial. Ainda segundo a PM, o agressor possui passagens pela sistema penitenciário por violência doméstica e estava preso até o dia 18 de janeiro de 2019.

Em 2011, ele já havia sido preso pelo mesmo crime. O caso deve ficar sob responsabilidade da Polícia Civil de Joaquim Távora, área onde ocorreu o crime.

Ex-companheiro invadiu casa da vítima

Ainda segundo a PM, a mulher, de 29 anos, foi surpreendida pelo ex-companheiro dentro de casa, onde morreu após o golpe na cabeça. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacarezinho, no norte pioneiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.