Notícias

Homem é preso depois de fugir da polícia porque descumpriu medida protetiva

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2019 - 00:00

O ex-marido ameaçou a mulher e fugiu da polícia. (Foto: Reprodução/RPC)

O suspeito teria ameaçado a ex-mulher, além de descumprir a medida que o impede de chegar perto dela; a perseguição durou cerca de meia-hora

Um homem foi preso na manhã desta segunda-feira (25) depois de protagonizar uma perseguição policial entre Cambé e Londrina, no noroeste do Paraná, que durou cerca de meia-hora. O suspeito fugiu da polícia após descumprir uma medida protetiva que o impedia de chegar perto de sua ex-mulher.

Medida protetiva da ex

A medida protetiva foi imposta pela Justiça no início de fevereiro, depois da separação do casal. Há cerca de uma semana, a mulher registrou um boletim de ocorrência informando que o ex-marido vinha descumprindo a ordem.

De acordo com a Polícia Militar (PM), durante a manhã desta terça, ele teria ido até a residência da ex-mulher e feito ameaças. Na sequência, ela ligou para a polícia, mas ele preferiu fugir do que prestar esclarecimentos sobre a ocorrência. “O homem que tinha coragem de chegar até a casa de sua ex-mulher para promover ameaças contra ela, não teve coragem de prestar esclarecimentos para a Polícia Militar. Decidiu colocar tudo a perder, iniciou esse acompanhamento, colocando em risco a sua própria vida, a vida dos policiais militares no trânsito e também de pessoas inocentes”, declarou o tenente Castro.

Perseguição

A perseguição que começou em Cambé só foi terminar em Londrina quando o rapaz decidiu se render já no bairro Jardim Olímpico. Cinco viaturas, duas motocicletas e um helicóptero foram usados para perseguir o suspeito.  

Alan James Alves de Oliveira, 28 anos, que já tinha passagens pela polícia, foi preso e deve responder por vários crimes. “Ele foi encaminhado para a delegacia por situações de direção perigosa, desobediência e também por desobediência judicial, já que ele estava deixando de cumprir as ordens judiciais que era a medida protetiva afastamento da sua ex-mulher”, completou o tenente. 

Assista à reportagem completa:

O Cidade Alerta Maringá mostrou a perseguição ao suspeito.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.