Notícias

Homem desiste de se jogar da ponte do Rio Piquiri após conversar com policiais militares

Há seis dias, outro homem se matou ao pular da mesma ponte; O simples ato de conversar salvou uma vida

Gabriel
Gabriel Trevisan
Homem desiste de se jogar da ponte do Rio Piquiri após conversar com policiais militares
Foto: Reprodução vídeo

14 de setembro de 2020 - 18:59 - Atualizado em 14 de setembro de 2020 - 19:04

Na manhã desta segunda-feira (14), a Polícia Militar foi acionada por populares que passavam pela ponte que liga Francisco Alves a Palotina. No telefone, um homem pedia ajuda ao ver que um rapaz estava prestes a se jogar da ponte do Rio Piquiri.

No momento em que os policiais chegaram, o homem já estava sentado na mureta de proteção da ponte. Após conversar com os dois militares, o rapaz desistiu de se jogar. Sem ferimentos, o homem foi encaminhado para o Pronto Atendimento Municipal de Palotina.

Há seis dias, outro homem subiu na mureta da ponte e se jogou no rio. A vítima foi resgatada por populares que viram a cena e chamaram o socorro. Na ocasião os bombeiros chegaram rapidamente no local mas infelizmente o homem não resistiu.

SETEMBRO AMARELO: FALAR É A MELHOR SOLUÇÃO!

É com esse lema que o Setembro Amarelo visa sensibilizar e conscientizar a população sobre os altos índices de suicídio no mundo. O dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.

No Brasil, o CVV, Centro de Valorização da Vida , atende voluntária e gratuitamente aqueles que quiserem e precisarem conversar, sob total sigilo, por telefone (basta discar 188), e-mail e chat 24 horas todos os dias. O centro realiza apoio emocional e prevenção. Acesse acesse cvv.org.br.