Notícias

Homem abusa da enteada e tenta matá-la ao descobrir que está grávida

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

28 de junho de 2016 - 00:00 - Atualizado em 28 de junho de 2016 - 00:00

Investigações apontam que a jovem de 16 anos era abusada desde que tinha 10 anos de idade

Um homem de 36 anos foi preso na segunda-feira (27), em São José dos Pinhais, suspeito de tentar matar a enteada de 16 anos. De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito cometeu o crime depois de estuprar a jovem e descobrir que a garota engravidou. A prisão foi realizada pela Delegacia da Mulher e do Adolescente do município após uma denúncia realizada pela mãe da vítima.

O crime ocorreu no domingo, na residência da família, localizada no bairro Guatupê. O padastro da garota teria ficado nervoso ao descobrir que ela estava grávida e tentou ferí-la no pescoço utilizando uma faca. A jovem tentou se defender com as mãos e acabou se ferindo nos braços, porém, já passa bem e está fora de risco.

Durante as investigações, a polícia levantou informações que levam a crer que a garota estivesse sendo abusada sexualmente pelo padrasto desde que tinha dez anos de idade. “Essa informação será minuciosamente investigada e caso seja comprovado, além de tentativa de homicídio, o homem também será autuado por estupro de vulnerável”, ressalta a delegada-titular da especializada, Tathiana Laiz Guzella. 

A delegada ressalta também que o Conselho Tutelar está acompanhando a situação da gravidez da garota. A adolescente será submetida a diversos exames para averiguar se a gestação pode ser consequência de abusos sofridos pelo padrasto. 

O homem permanece preso à disposição da Justiça na Delegacia da Mulher e do Adolescente de SJP. Até o momento, ele responderá por tentativa de homicídio e ameaça. A Polícia Civil ainda aguarda o resultado do lado do IML para conclusão do inquérito. Os suspeitos permanecem presos à disposição da Justiça.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.