Saúde

Há 6 mi de crianças com excesso de peso no Brasil, aponta Ministério da Saúde

Durante o evento da Campanha Nacional de Prevenção à Obesidade Infantil, o Ministério informou que destinará R$ 90 milhões para ações de combate ao sobrepeso

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do Ministério da Saúde
Há 6 mi de crianças com excesso de peso no Brasil, aponta Ministério da Saúde
Há 6 milhões de crianças com excesso de peso no Brasil, informa o Ministério da Saúde (Foto: Reprodução/Pixabay)

10 de agosto de 2021 - 18:27 - Atualizado em 10 de agosto de 2021 - 18:27

Ministério da Saúde organizou um evento nesta terça-feira (10) para o lançamento da Campanha Nacional de Prevenção à Obesidade Infantil. Durante a ocasião, foram divulgados alguns dados que mostram que o problema tem se tornado cada vez maior em todo o país. Segundo a pasta, atualmente há 6,4 milhões de crianças com até 10 anos com excesso de peso e 3,1 milhões de crianças nessa faixa etária com obesidade.

Na faixa de até cinco anos, o índice é de 15,9%, enquanto que na de cinco a nove anos é de 31,8%. Entre os adolescentes, o governo informou que há 11 milhões de indivíduos com excesso de peso e 4,1 milhões com obesidade, um índice total de 31,9%. De acordo com o Ministério, os números foram coletados por meio dos atendimentos infantis nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e publicados apenas agora, durante o evento.

Novos investimentos

O encontro ocorreu na sede do Ministério da Saúde e contou com a participação dos ministros Marcelo Queiroga, responsável pela Saúde, e Milton Ribeiro, responsável pela Educação. Durante o evento, Queiroga assinou duas portarias que destinam R$ 90 milhões para ações de combate ao sobrepeso das crianças.

A primeira institui a Estratégia Nacional de Prevenção e Atenção à Obesidade Infantil (Projeta), para desenvolver iniciativas nos estados, municípios e no DF. A segunda, destina três parcelas de R$31,9 milhões, durante três anos, para cidades de até 30 mil habitantes que registraram sobrepeso em mais de 15% das crianças menores de 10 anos em 2019.

“Os municípios que se encaixarem nos critérios estipulados pelo texto podem fazer adesão ao incentivo financeiro a partir desta terça-feira”,

informou o ministério.