Notícias

De vendas de carros a casamento com professora, veja algumas curiosidades de Guilherme Rivaroli

Guilherme Rivaroli é o novo apresentador do Paraná no Ar, que estreia segunda-feira (20). Conheça algumas curiosidades da vida do jornalista.

Lucas
Lucas Sarzi
De vendas de carros a casamento com professora, veja algumas curiosidades de Guilherme Rivaroli
Foto: Lucas Sarzi.

18 de julho de 2020 - 22:09 - Atualizado em 18 de julho de 2020 - 22:22

Na segunda-feira (20), o telespectador da RIC Record TV que assiste ao Paraná no Ar vai voltar a ver um rostinho bem conhecido e carismático. Guilherme Rivaroli volta a comandar o programa ao qual sempre teve um carinho muito grande. Enquanto a estreia não chega, que tal conhecermos algumas curiosidades desse jornalista tão querido?

Você imaginaria que Riva, como é chamado entre os colegas de TV, começou sua carreira na televisão num programa venda de carros? “Pois é, minha carreira com televisão começou aos 18 anos, antes de faculdade, sendo produtor de programa de venda de carros na TV”, contou.

“Ali eu comecei a tomar gosto, passei a apresentar também e isso desenvolveu muito meu raciocínio. É por isso que às vezes quando faço merchan de carro o povo gosta, porque eu já trabalhei com isso também”.

Outra curiosidade de Rivaroli é que ele casou com sua professora de telejornalismo, a também jornalista Daniela Fogaça. “Ela foi uma das maiores impulsionadoras da minha carreira, não por conseguir emprego pra mim, mas por me ensinar mesmo. Era minha professora de telejornalismo, ali nós começamos a namorar e estamos juntos já vai fazer 12 anos“.

dani-fogaca-rivaroli-casal
Foto: Arquivo Pessoal.

Guilherme Rivaroli já tem quase 15 anos de carreira e conta que já viu (e fez também) de tudo. “Já perdi microfone de equipe de reportagem, de deixar em cima do carro e não saber onde fui parar. Já fui fazer matéria de cerveja e derrubei a cevada”, brincou.

Uma das experiências mais marcantes para Riva foi em 2011, quando teve uma enchente muito grande no litoral do Paraná. “Fui um dos primeiros repórteres a chegar lá”.

“Foi uma das cenas mais difíceis e mais absurdas que já vi, de andar em cima das árvores para mostrar uma enchente. Realmente já teve de tudo nestes 13 anos, vi muita coisa, mas isso ainda fica em minha memória”.

Guilherme Rivaroli é churrasqueiro e gosta de futebol: verdade ou mentira?

Se você respondeu sim para as duas perguntas, acertou. “Amo futebol. Eu amo qualquer esporte, na verdade. Meu sonho era ser repórter de Fórmula 1, depois queria ser locutor de esportes e isso é uma coisa que ainda quero conseguir. Não sei se eu tenho habilidade ou talento para isso, mas adoro esporte”.

Segundo Rivaroli, um de seus maiores hobbies é ir até o Couto Pereira. “Como todo mundo sabe, sou coxa branca, não escondo. E amo sentar ali, no meio da torcida. Tenho a minha cadeira e das minhas duas filhas. Às vezes sai palavrão e eu falo ‘aqui pode, dentro do estádio pode'”, brincou Riva.

Além de gostar de assistir futebol, ele também pratica um pouco. “Há quem não acredite, mas eu jogo futebol. Sou zagueiro”.

rivaroli-ric-tv
Foto: Reprodução/Instagram.

Além do futebol, um de seus principais hobbies é, na verdade, estar com as pessoas. “Gosto de estar com a família, com meu pai, minha mãe, com meus amigos, minhas filhas. Mas também gosto muito de ler e aprender“.

Casado com uma gaúcha, Rivaroli pegou o gosto pelo churrasco e aprendeu a fazer. Segundo ele, faz bem, mas precisa estar nervoso para sair um bom churrasco. “Gosto de cozinhar, quando estou com a família e amigos eu normalmente estou na churrasqueira“.

“Mas minhas filhas até já sabem que quando eu apareço com carne e carvão na mão é porque estou bravo. É o meu momento de desestressar, mas pelo menos tem comida boa“.