Notícias

Guedes: FMI estimou queda de 9% para o PIB do Brasil em 2020, acho que vão errar

Estadão
Estadão Conteúdo

25 de junho de 2020 - 20:20 - Atualizado em 25 de junho de 2020 - 20:20

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que não acredita nas previsões para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro que vêm sendo divulgadas. Em transmissão de vídeo feita ao lado do presidente Jair Bolsonaro, Guedes disse que ninguém sabe de fato qual será o impacto da crise do coronavírus no PIB nacional.

“A gente aprende em teoria economia que há momentos em que há rupturas em todos os parâmetros. Quando há um choque como esse, eu não acredito nas previsões que são feitas. Ninguém sabe a resposta. As pessoas começaram a chutar menos um, menos quatro, menos dez. A previsão do FMI é menos nove, e eu acho que vão errar”, falou Guedes, em referência ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que prevê uma queda de 9,1% no PIB brasileiro.

O ministro afirmou também que a queda no consumo de energia no Brasil está em 4%, considerando junho de 2020 em relação ao mesmo mês do ano passado. O movimento, para Guedes, é indicativo de que a queda no PIB pode ser menor do que se espera atualmente.

Nesta quinta-feira, 25, o Banco Central divulgou seu Relatório Trimestral de Inflação (RTI), e estimou a queda no PIB brasileiro de 2020 em 6,4% ante 2019. A previsão anterior era de estagnação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.