Notícias

Guardador de carros é morto por policial à paisana no centro de Londrina

Emerson Garcia, de 35 anos, foi atingido por três disparos de arma de fogo; câmeras de segurança flagraram a ação

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Guardador de carros é morto por policial à paisana no centro de Londrina
O policial alegou legítima defesa. (Foto: Colaboração)

28 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:50

Um guardador de carros foi morto por um policial à paisana na Rua Paes Lemes, em Londrina, no norte do Paraná, no fim da tarde desta sexta-feira (27). Emerson Garcia, de 35 anos, costuma trabalhar nas ruas da região central da cidade. (Veja imagens abaixo)

Guardador de carros morto por policial estava armado

Segundo testemunhas, durante a manhã de sexta, Emerson se desentendeu com um comerciante. Já durante a tarde, armado com uma faca, o guardador de carros invadiu a barbearia do desafeto e passou a fazer ameaças. 

O que o homem não esperava é que entre os clientes do estabelecimento, estava um policial militar. De férias, o PM se identificou e tentou conter o guardador que estava visivelmente alterado. No entanto, o homem partiu para cima do policial, que para se defender disparou contra a perna do suspeito. Mesmo ferido, ele investiu novamente contra o policial e acabou alvejado com mais dos disparos de arma de fogo. Ele morreu antes da chegada do socorro. 

Em depoimento, o PM alegou que agiu em legítima defesa. A Polícia Militar deverá abrir um procedimento para investigar o caso. 

Vídeo do policial

Uma câmera de segurança, posicionada nas proximidades do local onde tudo aconteceu, registrou policial e o guardador de carros discutindo e, inclusive, o momento que o flanelinha é atingido no peito e cai no chão. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.