É Natal!

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto

Criança pede cesta de natal para cear com a família e emociona equipe

Fernanda
Fernanda Xavier

26 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 26 de dezembro de 2019 - 00:00

Neste ano o Bairro Alto de Curitiba ganhou uma atração para deixar o natal das crianças da região ainda mais especial. Um grupo resolveu montar uma casa do Papai Noel para alegrar o final do ano dos pequenos. A atração ficou aberta para visita do dia 15 até o dia 20 de dezembro. Quem visitava, podia doar doces e brinquedos.

As guloseimas arrecadadas foram distribuídas para as crianças do bairro nas visitas a casa do Papai Noel e durante a carreata do bom velhinho, que é realizada pelo grupo desde 2016. 

Jéssica Siqueira é filha de Edina e Ademilson Oliveira, a Mamãe Noel e o Papai Noel que levam a alegria para as crianças do bairro. Ela conta que  junto com o amigo Eberton Ruthes, a família teve a ideia de fazer algo a mais no natal

A carreata já está na sua 3° edição e foi uma ideia minha, da minha mãe e do nosso amigo Eberton. O trenó foi projetado por ele, e é decorado com luzes de LED, que chama muita atenção. Já a casa, que começou neste ano, foi ideia da minha mãe”, contou. 

A filha ressalta que as visitam não foram cobradas e tudo que foi arrecadado foi doado de forma espontânea por parte dos visitantes. 

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto (Foto: Jessica Siqueira/ Montagem: RIC Mais)

Alegria para as crianças

A carreata passou pelas ruas da região nos dias 21, 22 e 23 de dezembro. Segundo a filha do casal, mais de 4 mil pacotinhos de doces foram entregues durante a visita e o passeio do trenó. Essa boa ação, conseguiu alegrar um total de aproximadamente 400 crianças, só na contagem de visitas na casa.  

Para Edina, a carreata traz a cada ano uma emoção diferente e a casa do papai noel é um projeto que partiu do coração de Deus: “Em um certo dia eu levantei pela manhã e falei para o meu esposo que faria a casa e ele topou a ideia. Minha mãe liberou a casa dela e a gente foi decorando com luzes que ganhamos de doação”, recorda. 

A senhora, que alegrou as crianças como esposa do bom velhinho, conta que anotaram cada pedido no coração, além de conseguir ajudar algumas crianças, “não tem preço o que vivenciamos. Foram muitas lágrimas e sorrisos. Foi lindo demais”.

O Papai Noel, Ademilson, também ressalta que a experiência foi muito gratificante.

“Você se esconde atrás de roupa do Papai Noel e vê as crianças felizes. Só a gente sabe o que elas pedem e nos emocionamos”, conta Ademilson Oliveira

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto (Foto: Jessica Siqueira)

Pedido emociona família 

No último dia de visitas, a família acabou se surpreendendo com um pedido emocionante. O papai noel perguntou para um menino o que ele gostaria de ganhar no natal, a criança pediu uma cesta de natal para que pudesse cear com a família

Jéssica conta que o pedido comoveu todos. Ela contou ao grupo, que acabou conseguindo muitas doações. E então, o menino foi surpreendido com a visita da equipe que levou para ele o esperado presente de natal

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto (Foto: Jessica Siqueira)

Estrutura por trás 

Toda a estrutura é montada por meio de doações de amigos e comerciantes da região à fora. A equipe escolhe três dias de dezembro para fazer a carreata e uma semana que antecede o Natal para realizar a casa do Papai Noel! 

O grupo que é responsável por esse gesto se chama “Força do Bem”, e chega a um total de 40 pessoas voluntárias. As ações vão além do período natalino, eles ajudam pessoas do bairro e tragédias também. 

Jéssica Siqueira conta que pensaram em desistir neste ano por falta de doações, mas que logo conseguiram ajuda e seguiram em frente. 

“Um dia perguntaram pra nós se nós não tínhamos Natal. Mas na verdade, o maior Natal é o nosso. Nós estamos perto daqueles que mais precisam. Afinal, é aniversário daquele que nos ensinou!”, fala emocionada. 

Para ela, o maior presente é a demonstração de carinho das crianças, nos sorrisos, abraços, olhares de alegria e gratidão, que para ela “é impagável”. 

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto

Grupo organiza casa e carreata do papai noel para crianças do Bairro Alto (Foto: Jessica Siqueira)

*Estagiária do RIC Mais, sob supervisão de Larissa Ilaídes