Notícias

Polícia procura grupo criminoso envolvivo em roubos em Curitiba e RMC

De acordo com a Polícia Civil, a ação foi deflagrada após três meses de investigação

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Polícia procura grupo criminoso envolvivo em roubos em Curitiba e RMC
Foto: ilustrativa PCPR

13 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:45

Na manhã desta quarta-feira (13), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) está nas ruas a procura de um grupo criminoso envolvido em roubos em Curitiba e Região Metropolitana (RMC).

Ao todo, a polícia deve cumprir 23 mandados judiciais em endereços relacionados aos criminosos, todos suspeitos de roubos em uma madeireira e uma residência na RMC.

Grupo criminoso envolvido em roubos em Curitiba e região está na mira de 80 policiais civis nesta manhã

Aproximadamente 80 policiais civis participam da operação nesta manhã de quarta, e o cumprimento das ordens judiciais ocorre de forma simultânea nos bairros Boa Vista, Novo Mundo e Sítio Cercado, em Curitiba.

Além disso, na RMC, os mandados estão sendo cumpridos nos municípios de Fazenda Rio Grande e São José dos Pinhais. Dos 23 mandados, quatro são mandados de prisão preventiva, cinco de prisão temporária e 15 de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Civil, a ação foi deflagrada após três meses de investigação logo depois que alguns dos suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas dos roubos. Os crimes ocorreram em fevereiro e abril deste ano.

Crimes

Conforme o que apontam as investigações, os criminosos possuem entre 21 e 60 anos, e procedem sempre da mesma maneira: analisavam o local antes de praticar o crime e agiam com agressividade com as vítimas, ameaçando-as com armas de fogo.

Além disso, de acordo com os policiais, o roubo à madeireira aconteceu no mês de fevereiro de 2020, no bairro Xaxim, em Curitiba.

No local, dois suspeitos entraram no terreno em que fica a casa do caseiro pedindo que o cofre do estabelecimento fosse aberto. Na ocasião, os indivíduos fizeram de refém a família que estava presente e levaram R$ 3 mil, mais de R$ 30 mil em cheques e diversos aparelhos eletrônicos.

Por fim, o roubo à residência ocorreu no dia 25 de abril, em Mandirituba, na RMC. Na ocasião, os suspeitos agiram da mesma forma: com muita muita agressividade e fazendo a família de refém.

No roubo, os investigados levaram diversos aparelhos eletrônicos, pertences pessoais e um veículo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.