Coronavírus

Governo reúne prefeitos em videoconferência para alinhar medidas contra o novo coronavírus no Paraná

Lucas
Lucas Sarzi editado por Lucas Sarzi
Governo reúne prefeitos em videoconferência para alinhar medidas contra o novo coronavírus no Paraná
Ratinho Junior em reunião por videoconferência com prefeitos e secretários de Estado para alinhamento das ações no combate a pandemia do novo coronavírus. Foto: Geraldo Bubniak/AEN.

29 de março de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:49

O momento crítico provocado pelo novo coronavírus pede isolamento social, mas também união das autoridades para que passem as mesmas informações e não deixem as pessoas confusas. Pensando nisso, o governador Carlos Massa Ratinho Junior fez, entre sábado (28) e domingo (29), reuniões por videoconferência com 20 prefeitos das maiores cidades paranaenses.

O objetivo foi reforçar a necessidade de aplicação das medidas que foram adotadas no Estado para a prevenção ao novo coronavírus. O governador também aproveitou o momento para trocar experiências e alinhar as ações conjuntas de enfrentamento ao Covid-19 no Paraná.

LEIA TAMBÉM: Com mais 16 casos, número de infectados pelo novo coronavírus no Paraná sobe para 152

Ratinho Junior detalhou as iniciativas já tomadas pelo governo estadual, em especial nas áreas da saúde, ação social e economia, para preservar vidas e empregos. São R$ 300 milhões para atender a população mais necessitada e R$ 1 bilhão para apoiar empreendedores e empresas de todos os portes.

É preciso haver uma sincronia e troca de experiências neste momento em que enfrentamos um vírus perigoso, que implica na saúde das pessoas e na economia do Estado e do país. A orientação harmonizada previne erros e ajuda a realizar a nossa principal missão, que é salvar vidas neste momento”, disse Ratinho Junior.

Outro tema debatido foi a questão do abastecimento e distribuição de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade, que devem ser atendidas em conjunto pelo Estado e município. Ratinho Junior solicitou aos prefeitos que mantenham o transporte público, que é fundamental para que setores econômicos autorizados sigam o ritmo de trabalho.

LEIA MAIS: Coronavírus já contaminou mais de 700 mil pessoas no mundo; são 32.137 mortes

O governador reafirmou que é preciso respeitar a recomendação de funcionamento apenas de atividades essenciais e seguir a orientação das autoridades brasileiras e internacionais de saúde, que indicam a necessidade de isolamento social para conter a proliferação do vírus. “São medidas para evitar uma ação mais aguda, que é a quarentena”, afirmou Ratinho Junior.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN.

Saúde se preparando

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, participou das videoconferências e mostrou como está a estrutura de atendimento médico-hospitalar no Paraná. Ele fez um balanço do número de leitos disponíveis para serem usados em caso de necessidade e também falou sobre a distribuição de materiais para as equipes médicas.

“Imediatamente, está sendo ampliado em 25% a capacidade de leitos de UTI para adultos”, pontuou o secretário. Ele  destacou ainda aos prefeitos que leitos novos estão sendo distribuídos para as macrorregiões e o governo estadual está firmando parcerias com hospitais filantrópicos e particulares para o aumentar a oferta, se houver necessidade de ampliar o atendimento de pacientes com a Covid-19.

SE LIGA! Teste da tinta guache: vídeo ensina como lavar as mãos de forma correta

Alinhamento necessário

O chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Guto Silva, pediu a todos os prefeitos que mantenham atualizados os Planos de Contingência municipais. “Isso vai facilitar a atuação dos órgãos estaduais, em especial a Defesa Civil, no enfrentamento de uma crise”, disse.

O secretário do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, pediu a manutenção dos projetos realizados pelas prefeituras com recursos do Estado, ressaltando que haverá a postergação por seis meses de parcelas de financiamentos tomados junto ao governo.

videoconferencia governador prefeitos coronavirus 4

Foto: Geraldo Bubniak/AEN.