Notícias

Governo prorroga imposto zero sobre importação de produtos ligados à pandemia

Reuters
Reuters
Governo prorroga imposto zero sobre importação de produtos ligados à pandemia
Edifício do Ministério da Economia, em Brasília (DF)

29 de dezembro de 2020 - 16:56 - Atualizado em 29 de dezembro de 2020 - 17:00

BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério da Economia anunciou nesta terça-feira que estendeu até o fim do primeiro semestre de 2021 a redução a zero da alíquota do Imposto de Importação sobre produtos considerados cruciais para enfrentar a pandemia de coronavírus, incluindo medicamentos, testes para detecção do vírus e vacinas.

A medida contemplando 298 produtos valia até quinta-feira.

“O objetivo da medida, ao manter a redução das tarifas a zero, é aumentar a oferta de medicamentos, bem como insumos para produção nacional de bens destinados a combater a pandemia, diminuindo os custos de fabricação desses bens no país e aumentando a sua disponibilidade para o sistema de saúde brasileiro”, afirmou o ministério, que não respondeu de imediato a questionamento sobre estimativa de renúncia tributária.

Em apresentação da semana passada sobre efeitos fiscais das iniciativas adotadas no âmbito da crise, o governo apontou que o corte a zero das alíquotas de importação de bens de uso médico-hospitalar teria impacto de 3,2 bilhões de reais neste ano.

(Por Marcela Ayres)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGBS112-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.