Notícias

Gilmar Mendes: 60 mi de votos não autorizam presidente a descumprir Constituição

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

31 de maio de 2020 - 19:54 - Atualizado em 31 de maio de 2020 - 19:54

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes afirmou neste domingo, 31, à GloboNews crer que, certas vezes, falta ao presidente Jair Bolsonaro a compreensão de que ele foi eleito em uma democracia constitucional.

“O fato de o presidente ter tido quase 60 milhões de votos não o autoriza a descumprir a Constituição”, afirmou.

Gilmar disse ainda que, pessoalmente, já disse a Bolsonaro que achava equivocada a participação dele em manifestações antidemocráticas.

Gilmar Mendes também afirmou que as instituições do Brasil estão funcionando, mas ele reconheceu que há escalada do discurso antidemocrático no País. Ele assegurou, contudo, que atos que pregam a ruptura “não nos intimidam”.

Gilmar ressaltou que “não são elogiáveis manifestações antidemocráticas” e que elas “não apenas são inconstitucionais como também criminosas”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.